O prefeito de #São Paulo, #João Dória, participou de uma palestra promovida pelo Credit Suisse, nesta terça-feira (31). Dória falou de todos os passos que estão sendo dados para melhorar a cidade de São Paulo. Ao comentar sobre os pichadores, o prefeito avisou que em quatro anos, pelo menos, eles não terão paz com ele. "Lugar de pichador é na prisão", disse ele.

O prefeito deixou claro que pichador é diferente de grafiteiro ou muralista. "Grafite é arte, pichação é destruição", comenta o tucano.

O prefeito revelou que ele e sua família já receberam diversas ameaças de pichadores. De acordo com o tucano, isso só faz com que ele lute com mais determinação contra essa ousadia deles, que só tem o objetivo de sujar a cidade.

Publicidade
Publicidade

Aplaudido de pé

Ao criticar o Partido dos Trabalhadores, Dória é aplaudido de pé pela platéia de investidores e empresários. O prefeito lembrou que ao abrir mão de seu salário, ele estava dando um exemplo e não era apenas demagogia. "Tem pessoas que ainda não perceberam que o Brasil não é mais vermelho. Nossa bandeira é de outra cor, verde e amarelo", disse ele. Dória afirmou também ser grande admirador da advogada Janaína Paschoal e de Miguel Reale Junior. "Eles dois ajudaram a tirar aquele mal que havia no palácio do Planalto". O prefeito estava se referindo ao governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

O tucano elogiou a honestidade do ex-prefeito de São Paulo, o petista Fernando Haddad, dizendo que é difícil ter pessoas honestas dentro do PT, mas ele tem conseguido ser assim.

Ações tomadas

João Dória comentou, no evento, todas as ações que estão sendo feita para a cidade.

Publicidade

O Corujão da Saúde recebeu várias críticas, mas, segundo o prefeito, ele conseguiu tirar do papel em poucos dias. "Hoje entreguei o exame 100 mil ,no Sírio-Libanês, disse o prefeito. "Os pobres estão sendo atendidos em hospital rico", comemorou.

Dória também admitiu ter conseguido o apoio de 52 empresas ligadas a construção civil e avisou que a empresa Fiat ajudará a prefeitura recuperando 102 veículos da CET, que estão em péssimo estado.