O atual prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, está há pouco mais de dois meses no comando da cidade, mas já vem causando muita repercussão com os seus primeiros feitos. #Doria divide opiniões acerca de alguns assuntos como, por exemplo, as privatizações. O prefeito, que já mostrou ser um liberal, defende a ideia de que é necessário enxugar gastos do estado e, com isso, privatizar o que for necessário. Além disso, o prefeito também vem causando polêmica em relação às pichações pela cidade. Ele já foi categórico ao afirmar que vai apertar o cerco aos pichadores.

João Doria é, acima de político, um empresário de sucesso, e o prefeito, inclusive, não se considera como político e sim apenas gestor e diz tratar São Paulo como sua empresa.

Publicidade
Publicidade

Com suas posições econômicas liberais e sua conta bancária milionária, passou a ser comparado com o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que também se intitula empresário, apesar de ser o chefe de estado do país mais influente do mundo.

Ambos possuíam uma vida pública antes de entrar para #Política e os dois foram para a mídia por meio do mesmo programa. "O Aprendiz" é uma adaptação brasileira do programa americano "The Apprentice". No Brasil, originalmente, era apresentado pelo publicitário Roberto Justus, mas após este mudar de emissora, quem assumiu como apresentador foi João Doria. E na versão americana, o apresentador era Donald #Trump, botando na conta mais uma semelhança entre os dois empresários/políticos.

A comparação foi feita por jornais americanos, como Washington Post, sendo que este ainda acrescentou o fato de que os dois escreveram uma série de livros de auto-ajuda e, tanto um quanto o outro, gostarem de coisas luxuosas.

Publicidade

Mas o prefeito não ficou muito satisfeito em relação às tais comparações feitas pelos jornais americanos e, em resposta, Doria refutou e agradeceu. "Eu agradeço e declino", disse ele. O prefeito disse não possuir nenhuma "identidade" com Trump e ainda acrescentou um comentário dizendo ser "totalmente Hillary".