Mesmo quem não concorda ou segue o que #Eduardo Bolsonaro faz nas redes sociais, já está ciente que ele, assim como seu pai, estão sempre defendendo o porte de armas para cidadãos comuns, bem como falam da importância de se reagir à criminalidade.

Tal fato gerou um desentendimento entre ele e seu, até então, amigo, Marcos Do Val, fundador da CATI Treinamento Policial. Segundo Eduardo, tudo começou após um vídeo-montagem criado por um terceiro e espalhado na internet, onde o autor faz uma compilação de pessoas dizendo que reagem ou não reagem a um assalto.

Marcos havia dito, há algum tempo que uma pessoa jamais deve reagir a um assalto, mas quando proferiu tal conselho, se referia às pessoas comuns, ou seja, quem não tem treinamento com arma e vive à mercê do crime.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, a gravação deu a entender que ninguém, nem mesmo um policial, deve reagir.

Em uma troca de mensagens, Eduardo disse que estava recebendo ‘recados’ de Marcos, alegando que processaria um terceiro e, em meio à conversa, Do Val citou a matéria da Veja, que falou da troca de mensagens entre Jair e Eduardo, no dia da votação para presidência da Câmara. Movido pelo passado envolvendo sua própria história e a revista em questão, que inclusive já foi contada pelo instrutor em uma palestra famosa nas redes sociais, Do Val disse que, se fosse alguém de pouca índole, iria usar aquele fato para denegrir a imagem dos Bolsonaro, entretanto, isso soou como uma ameaça para o deputado federal.

Em um vídeo divulgado por Eduardo, na noite de quinta-feira, 16, o parlamentar pergunta para Marcos: “Você achou mesmo que eu era um político padrão?” e continua “Achou que iria colocar um pé atrás numa luta que eu traço, por conta de uma ameaça de você?”. O político ainda desdenhou do número de seguidores de Marcos, questionando se eles são mesmo reais.

Publicidade

Assista ao vídeo completo em que Eduardo responde as mensagens de Marcos:

Menos de 24 horas depois, Marcos disse que o problema com Eduardo foi apenas um mal entendido, citando que o admira e explicando o que aconteceu. Marcos também teve a humildade de pedir desculpas pelo mal entendido, o que fez com que as pessoas o elogiassem pela postura. Eduardo ainda não comentou, publicamente, o pedido de desculpas do amigo.

Assista ao vídeo divulgado por Marcos:

#Polêmica #Viral