O ex-presidente da Câmara dos Deputados, #Eduardo Cunha, alegou que possui a mesma doença da mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marisa Letícia, que faleceu na sexta feira (03). Segundo o ex-deputado, ele tem aneurisma cerebral e o presídio onde ele está, não tem as mínimas condições de cuidar de sua saúde. Diante disso, a defesa de Cunha pediu a Sérgio Moro a liberdade do ex-deputado.

O juiz Sérgio Moro negou o pedido de liberdade a Cunha e em seu despacho, respondeu as acusações feitas por ele. Cunha havia dito que Moro não tem motivos para mantê-lo preso. "Não existe nenhum fato novo que me deixe nessa situação. Sou mantido na #Prisão por Moro como um troféu", disse o ex-presidente da Câmara.

Publicidade
Publicidade

Eduardo Cunha disse que a publicação do artigo poderá fazer Moro ter mais raiva dele e de sua família, mas que era necessário falar tudo o que estava acontecendo. "Não posso ficar calado", disse o ex-deputado.

Resposta do juiz

Sérgio Moro comentou que a manutenção da prisão preventiva não é retaliação e sim um cumprimento da lei. Segundo o juiz, o próprio ministro Teori Zavascki, que faleceu em decorrência de um acidente aéreo, já havia pensado da mesma forma.

Eduardo Cunha tentou de todas as formas conseguir a liberdade. Ele disse que no Complexo Penitenciário de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, o presídio não tem condições nenhuma de tratar dele. Mas Moro não aceitou as justificativas dos advogados do detento.

Esperteza

O diretor do presídio, em que o ex-deputado se encontra, Luiz Alberto Cartaxo de Moura, disse que Cunha está tentando ser esperto.

Publicidade

De acordo com ele, o Complexo oferece todas as condições caso ele passe mal. "Ele recebe todas as medicações nos horários certos, porque lá é uma unidade médica", disse o diretor.

Moura também disse que o detento irá responder por uma infração disciplinar. "Será uma pena leve, por desobediência à autoridade penitenciária".

Cunha se negou a fazer os exames para comprovar seu aneurisma dizendo que só faria o exame na presença de seu médico particular. O diretor não gostou da atitude dele. #SérgioMoro