A #atriz Luana Piovani utilizou as redes sociais para falar sobre o gesto do ex-presidente #Lula durante o velório de Marisa Letícia. O vídeo publicado através do "Instagram Stories" está causando polêmica. Luana se diz "indignada" com a atitude de Lula no último dia (04), durante o velório de sua mulher, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo.

Luana já causou outras polêmicas na internet por tornar suas opiniões pessoais como públicas. No vídeo, ela é enfática ao dizer que a atitude do ex-presidente é "indigna", ela avalia que a morte é algo muito triste na vida das pessoas, principalmente para aquelas pessoas que sentem amor com as que partiram, mas Luana acredita que Lula tentou se vitimizar sobre a tragédia que aconteceu com Marisa Letícia.

Publicidade
Publicidade

O ex-presidente discursou durante o velório e uma das declarações mais "marcantes" foi a de que Marisa Letícia sofreu uma "canalhice". Ele disse que quer provar que sua mulher é inocente perante as afirmações de Procuradores da República no âmbito de investigações da Operação Lava Jato. Dona Marisa é ré em um processo juntamente com Lula. No final do discurso, Lula completou: "Na verdade, Marisa morreu triste".

Morte da ex-primeira dama

A mulher de Lula morreu devido a um aneurisma cerebral que já havia sido diagnosticado há dez anos. O AVC hemorrágico foi irreversível. Um líder do Partido dos Trabalhadores (PT), afirmou que a "perseguição" que a Lava Jato fez contra Lula e sua família motivou a doença de Marisa, levando ela até a morte. "Temos certeza que contribuiu para esse AVC que ela teve toda pressão que ela sofreu, que a família vem sofrendo", diz o deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP).

Publicidade

Lula e sua família são acusados de diversos casos relacionados a #Corrupção e lavagem de dinheiro, a operação Lava Jato investiga um triplex do ex-presidente, a reforma de um sítio no interior de São Paulo, entre outras participações ilegais. Marisa Letícia faleceu aos 66 anos, a família autorizou a doação de órgãos.