No ano passado, Fernando Assunção (PSDB) acabou sendo derrotado pelas urnas da cidade de Sinop, Mato Grosso, ele já foi vice prefeito e vereador da cidade. O político acabou se "revoltando" com dificuldades que enfrentou no #aeroporto de Sinop, sua viagem teve que ser retornada para o local de origem prejudicando seus projetos.

O ex-vereador que agora trabalha como advogado, ironizou dizendo que um avião não é um helicóptero e que para fazer seu pouso é preciso um ambiente de visibilidade. Não foi possível fazer isso no aeroporto de Sinop devido as estrutura do local. Assunção lembrou que o assunto é antigo e que faz muito tempo que as pessoas cobram uma melhoria no aeroporto.

Publicidade
Publicidade

A crítica de Assunção foi postada em seu perfil em uma rede social, o que o político não esperava é que um cidadão chamado Orlando César respondesse para o político apontando o que falta no aeroporto, se dirigindo diretamente ao ex-vereador que ficou por volta de oito anos na Câmara.

Orlando "lembrou" Assunção de que o Partido dos Trabalhadores "saiu fora do Brasil" enfatizando que isso foi ótimo e outro partido ganhou mais "espaço", o de Assunção. O PSDB, então, tem mais liberdade para lidar com questões como essa do aeroporto, na cidade. O internauta é enfático para o político: "Por que não apresentar uma solução?"

Orlando disse que esse antigo problema o fez ser diversas vezes uma das vítimas da situação, ele diz que tem que "conviver" com esse descaso e lembra que qualquer cidadão pode usar as ferramentes da internet para reclamar e dar sugestões, porém, ele diz que precisa de um "dedinho" dos políticos, um pouco de vontade dos parlamentares para tentar resolver essa situação.

Publicidade

Se referindo ao ex-vereador como "Vossa Senhoria" e um homem de "costas quentes", o internauta disse que o objetivo que Assunção tem que ter como político é apresentar soluções, porque "reclamar não resolve".

Fernando Assunção acabou respondendo ao comentário do internauta. O ex-vereador disse que não acompanha o trabalho, mas que já fez reclamações para a Anac. #Corrupção #Política