Jair #bolsonaro surpreendeu os especialistas com um aumento nas pesquisas da semana passada para a eleição presidencial de 2018. Apesar de #Lula assumir a liderança com 16,6%, Jair Bolsonaro venceu Aécio Neves, favorito do centro-direita, com 6,5%. No entanto, o filho de Bolsonaro não estava satisfeito com os resultados da pesquisa e resolveu levar para a mídia social com sua própria eleição presidencial no Twitter. Mas mesmo essa pesquisa de Twitter não foi exatamente como Bolsonaro Jr. esperava.

Flavio Bolsonaro fez uma enquete do seu pai, contra a lenda da esquerda, o ex-presidente Lula, em um eventual impasse entre os dois candidatos.

Publicidade
Publicidade

O jovem Bolsonaro acusou as pesquisas oficiais de "discriminação" por não considerar uma rodada presidencial final com seu pai como candidato. Seu tweet diz: "Desde as instituições de pesquisa, devido ao preconceito, não pergunte, eu vou. Por quem você votaria a favor do presidente do Brasil? "

No próprio tweet do filho do candidato, Bolsonaro recebeu menos da metade dos votos de seu rival esquerdista. Quando mais de 211 mil pessoas já tinham votado na pesquisa, o ex-presidente Lula aparecia com 69% dos votos e Jair Bolsonaro com apenas 31%. A pesquisa do Twitter já foi excluída do feed de Flavio. No início de fevereiro, Bolsonaro também se candidatou para presidente da Câmara. Ele veio no último lugar. Nem mesmo seu próprio filho votou nele, já que Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) não estava em sessão naquele dia.

Publicidade

Jair tornou-se famoso graças a comentários racistas, homofóbicos e sexistas. Em 2016, ele publicou um vídeo explicando porque ele não deveria ser considerado homofóbico. No vídeo, ele afirma que respeita a "opção" sexual de todos. Ele continua, dizendo que está contra as políticas educacionais que "ensinam as crianças a se tornarem homossexuais". Enquanto ele permanece um radical, ele pode ganhar o apoio de eleitores conservadores, mas não radicais. Muitas pessoas no Brasil acreditam que as leis do casamento entre pessoas do mesmo sexo, por exemplo, dão aos homossexuais mais direitos do que o resto da sociedade. #Política