Uma semana após a escolha do ‘novo’ presidente da Câmara dos Deputados, que culminou com a reeleição de Rodrigo Maia, o fotógrafo #Lula Marques, divulgou uma conversa entre Eduardo e #Jair Bolsonaro. Não demorou muito e o assunto acabou se tornando viral na internet.

A conversa, que gerou um novo embate entre militantes do deputado e pessoas contrárias aos posicionamentos de Bolsonaro, pode gerar um processo cível para Marques. A conversa gira em torno de algo de errado que o deputado Eduardo Bolsonaro teria feito e que desagradou Jair Bolsonaro, que afirmou “Que papel de filho da p... você está fazendo comigo”. Jair exigiu que o filho saísse de determinado lugar, pois se fosse descoberto pela imprensa, ambos teriam problemas.

Publicidade
Publicidade

Na manhã dessa quinta-feira, 9, a assessoria de Jair teria dito para a imprensa que Lula pode responder judicialmente pela invasão de privacidade. No período da tarde, Jair e Eduardo gravaram um vídeo, que foi divulgado na página de Flavio Bolsonaro, deputado estadual pelo Rio de Janeiro, onde confirmou a veracidade da discussão com o filho e disse que o motivo da frustração era que, no dia da votação da Câmara, Eduardo faltou, pois estava na Austrália.

O parlamentar não comentou a parte da conversa em que cita que se a imprensa descobrisse o que o filho estava fazendo, iria ‘comer’ o seu fígado, mas salientou que brincou com o filho que se ele continuasse comprando no exterior, ele não iria visitá-lo na Papuda, pois, segundo o próprio político, Eduardo teria dito, em tom de brincadeira, que compraria um fuzil para o pai.

Publicidade

Após a união da militância da extrema direita, o perfil de Lula Marques chegou a sair do ar, entretanto, o perfil foi reativado pelo Facebook. O fotógrafo recebeu inúmeras mensagens de apoio na internet.

Veja as imagens divulgadas por Lula:

Em pouco tempo, os principais meios de comunicação do país repercutiram as imagens. Para apolíticos e militantes de outras correntes, Jair estava escondendo algo de errado que o filho fazia, para os militantes que defendem o parlamentar, Jair agiu certo ao repreender o filho e a repercussão do caso o ajudará a angariar mais votos para a eleição presidencial de 2018.

Veja o vídeo divulgado pelos parlamentares:

E você, o que acha da repercussão desse caso? Deixe a sua opinião com um comentário. #Eduardo Bolsonaro