Segundo o site de noticias O Antagonista, o deputado federal e pré-candidato à presidência da República nas eleições que ocorrerão no Brasil em 2018, Jair Messias Bolsonaro, enfrentou seus adversários à altura em uma nova #pesquisa eleitoral feita pela CNT/MDA. Segundo o site, #Jair Bolsonaro foi o único candidato que se saiu bem na pesquisa e dobrou seu eleitorado desde outubro, ficando à frente de Aécio Neves e empatado com Marina Silva. Liderando a pesquisa está o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

O cenário pesquisado pela CNT mostra #Lula com 30,5% dos votos, Marina Silva com 11,8% e Jair Bolsonaro empatado com ela, com 11,3%. Aécio Neves, que disputou as eleições presidenciais de 2014, vem logo atrás, com 10,1% das intenções de voto.

Aos poucos Jair Bolsonaro vem ganhando força no eleitorado para a disputa à presidência do Brasil. Ele tem feito viagens por todo o país e aonde chega é recebido por multidões de pessoas nos aeroportos. Sua fanpage no Facebook já esta chegando aos 4 milhões de likes, passando à frente da pagina da ex-presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula.

O deputado mantém uma postura tradicionalista e vem fazendo um discurso sempre voltado para direita conservadora no país. Bolsonaro já foi do Partido Progressista (PP) e, logo após a Lava-Jato investigar quase todos os deputados do PP, por não ter seu nome envolvido com a corrupção, acabou saindo do partido e filiando-se ao PSC do Rio de Janeiro.

Ultimamente, o deputado tem mostrado muita insatisfação com o PS, já que o líder do partido apareceu em uma das delações premiadas investigadas pela Lava Jato. O outro motivo é a coligação que o partido vem fazendo com legendas de esquerda, como o PCdoB.

Segundo a opinião publica, o fato de o nome de Bolsonaro não aparecer entre os envolvidos com a Lava Jato faz dele uma ótima opção para as eleições à presidência. Outro motivo apontado é que ele defende princípios e valores cristãos.

Em outra pesquisa feita pelo DATAFOLHA, há alguns meses, o deputado aparece em quarto lugar, com 9% das intenções de voto. Nessa mesma pesquisa, o ex-presidente Lula está na frente.