João Doria, prefeito de São Paulo (PSDB), concedeu uma entrevista para rede de rede CBN, onde foi questionando pelos seus trabalhos no início de seu mandato como prefeito da capital paulista. João Doria, desde o dia que tomou posse, tem divulgado nas suas redes sociais todo o trabalho que vem fazendo na cidade de #São Paulo, desde enxugar lista de exames de hospitais públicos, como limpar a cidade das pichações. Esse último foi o mais polêmico até o momento.

Renata Lo Prete, repórter da Rede Globo, foi convidada pela CBN para fazer essa entrevista com o prefeito Doria. Ao comentar que Doria agia com ironia em relação aos especialistas que têm criticado sua gestão, Doria disse a repórter: “Nós servimos a população, eu não sirvo especialistas.

Publicidade
Publicidade

Eu não sirvo especialista, eu não sirvo a imprensa, eu sirvo o povo de São Paulo". Segundo João Doria, especialistas só servem para criticar o seu trabalho e que ele não está preocupado.

Sobre os pichadores, o prefeito afirmou que #Pichadores são todos bandidos, ele diz que é melhor os pichadores abandonar sua profissão e procurarem outra, ou mudar de cidade, pois na sua gestão ele jogará duro com pessoas que fazem esse tipo de coisas. O prefeito disse que alguns pichadores estão sendo processados como é o caso do filho de um diplomata, Pedro Souza, que foi detido pela Guarda Civil Metropolitana enquanto sujava o monumento, no dia 25 de janeiro deste ano. Ele é filho do diretor-geral do Instituto Rio Branco, em Brasília. João Doria ainda afirma que o “grafite” não está sendo tirado da cidade, apenas os que estão danificados por pichações.

Publicidade

O prefeito afirma também que o programa Leve Leite, que hoje atende estudantes da creche ao 9º ano da rede municipal, será o primeiro a sofrer cortes por conta de fraudes cometidas por pessoas que recebem o leite e depois vendem, assim também como adolescentes de 16 anos que estão recebendo leite e não deveriam, por conta de não terem necessidade e que o leite será dado a crianças que realmente precisam. #João Dória