Em abril do ano passado, a primeira-dama #Marcela Temer teve o celular clonado e passou a receber ameaças do #hacker que realizou o crime. Em investigação coordenada por Alexandre de Moraes, então secretário estadual de Segurança Pública de São Paulo, o homem foi preso e os dados foram guardados.

Nesta sexta-feira (10), porém, os sites dos jornais O Globo e Folha de S. Paulo publicaram reportagens sobre o assunto, contando detalhes que assustaram Marcela Temer. O “Jornal Hoje”, da Rede Globo, repercutiu a notícia na edição deste sábado (11).

Isso fez com que a primeira-dama acionasse a #Justiça para impedir que os jornais e sites trouxessem à tona informações sobre o fato ocorrido há quase um ano.

Publicidade
Publicidade

Ela quer colocar um basta neste assunto e o trata como página virada.

O hacker Silvonei de Jesus Souza, que teria pedido R$ 300 mil à época para não vazar nenhuma informação obtida no celular de Marcela, está preso. Em outubro, ele foi condenado a 5 anos e 10 meses de prisão e está no Presídio de Tremembé, no interior do Estado de São Paulo.

Decisão

A decisão favorável à Marcela Temer foi rápida. O juiz Hilmar Castelo Branco Raposo Filho, da 21ª Vara Cível de Brasília, aceitou o pedido dos advogados da mulher do presidente Michel Temer e fixou multa de R$ 50 mil aos jornais e sites que mantivessem no ar reportagens com detalhes e novas informações sobre o episódio, que deixou Marcela Temer bastante preocupada no ano passado.

A Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) criticou, em nota, a decisão do magistrado e se declarou contra qualquer tipo de censura.

Publicidade

É possível que os jornais tentem reverter a decisão para publicar o conteúdo que for de interesse público no caso.

Afinal de contas, o que Marcela Temer teme que seja descoberto neste caso? Figuras públicas, como ela, não devem ter suas vidas privadas invadidas e o que o hacker fez é crime, mas o que assusta tanto a primeira-dama neste episódio que não pode vir ao ar novamente?

Vamos aguardar as cenas do próximo capítulo e ver o que será ou não divulgado neste caso.