O ex-presidente da República, Luiz Inácio #Lula da Silva, se despediu hoje de sua esposa, a ex-primeira-dama Marisa Letícia, em velório realizado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo-SP. Visivelmente emocionado e alternando momentos de "choro", Lula culpou a Operação Lava-Jato e as investigações contra ele e sua esposa, pela "tristeza" que Maria vinha sofrendo, o que acabou resultando em sua morte. Ainda neste sábado (04), o ex-presidente se utilizou do momento em que era realizado o ato ecumênico no velório de Marisa Letícia, para discursar contra a Reforma Política, proposta pelo presidente da República, Michel Temer.

Publicidade
Publicidade

Em seu discurso, Lula destilou "ódio" à Operação Lava-Jato, chamando de "facínoras os que levantaram leviandades contra a ex-primeira-dama". Marisa Letícia faleceu nesta sexta-feira (03), vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Ataques às investigações da Lava Jato

O ex-presidente Lula atacou duramente as investigações da maior operação de combate à #Corrupção em curso, atualmente deflagrada no Brasil; a Operação Lava-Jato. A Lava-Jato é comandada em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro, a partir da décima terceira Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, no estado do Paraná, e é responsável pela apuração de desvios bilionários que "sangraram" os cofres públicos da maior estatal brasileira; a Petrobras. Já estão presos pela força-tarefa, empreiteiros,donos das maiores construtoras do país, além de doleiros e políticos, como o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha e os ex-ministros dos governos de Lula e Dilma, Antônio Palocci e José Dirceu.

Publicidade

Lula afirmou que "Marisa morreu triste, devido à canalhice, à leviandade que fizeram com ela", desabafou, em um ataque indireto às investigações comandadas pelo juiz Sérgio Moro. O petista ainda continuou atacando a força-tarefa, dizendo que que "vai viver muito para provar aos facínoras que tenham um dia a humildade para pedir desculpas a essa mulher". Tanto o ex-presidente Lula, quanto sua esposa Marisa, são réus na Operação Lava-Jato e respondem por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em contratos firmados que envolveram a empreiteira Odebrecht e a Petrobras.

Veja o vídeo do discurso contra a #Lava Jato: