Os familiares próximos de dona Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, falecida nesta sexta (03) em decorrência de um AVC, comentaram o "grande sufoco" que ela passava. Ré na Operação Lava Jato, esse ano ela teria que dar explicações ao juiz federal Sérgio Moro sobre o esquema de corrupção que envolvia a Petrobrás e do qual ela poderia ter participado junto com o ex-presidente.

Segundo relatos das pessoas próximas de dona Marisa, a aflição dela era tanta, que em determinada noite, ela ouviu um barulho na rua e caiu da cama quebrando um dedo. O medo de estar frente a frente com o juiz Sérgio Moro fez, inclusive, que ela comprasse um aparelho para medir a pressão em casa.

Publicidade
Publicidade

Sua pressão oscilava bastante, com picos de alta.

O começo da agonia da ex-primeira dama começou quando a Polícia Federal (PF) entrou em sua casa e na casa de seus filhos, onde apreendeu objetos, documentos e colheu provas. A condução coercitiva do ex-presidente Lula determinada por Moro, em março do ano passado, também mexeu com seus nervos.

Conversas com amigas

Dona Marisa contava várias coisas para suas amigas. Ela informava todos os detalhes de busca que a PF fez em sua casa, levando os iPads de seus netos e vasculhando a geladeira dela. Ter que dar declarações para Moro era algo que a transtornava e a deixava em apuros. Lula estava muito preocupado com a situação dela.

Velório

Hoje está sendo realizado o #Velório de dona Marisa no mesmo local em que ela conheceu Lula, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, na cidade de São Bernardo do Campo.

Publicidade

No primeiro momento, o velório foi restrito apenas aos familiares, e depois aberto para o público e os jornalistas.

Compareceram até agora no velório o presidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, o senador Lindbergh Farias, o deputado federal José Genoino e o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy. A previsão é que o velório ocorra até as 15h. Depois será feita a cremação do corpo dela que será acompanhada apenas pelos familiares.

De acordo com o instituto Lula não serão fornecidas informações sobre a doação de órgão de dona Marisa. #SérgioMoro