Embora a bolsa de valores esteja disparando, mostrando que a inflação está em ritmo de queda, o presidente Temer e seu governo não têm conseguido conquistar a popularidade do eleitor. Estamos às vésperas de uma eleição presidencial e muitos eleitores acreditam que já é o momento de marcar posição. As pesquisas de popularidade revelam que mesmo com todos os prós e contras, #Lula e #bolsonaro estão disputando o voto e simpatia dos eleitores como um verdadeiro ensaio de pré eleição.

Processos contra Lula não tiraram ele da disputa para 2018

Para alguns pode até parecer ser surpresa que um candidato que apanhou tanto como Lula, e que teve seu nome ligado à acusações e escândalos da Lava Jato, esteja tão bem nas pesquisas de popularidade.

Publicidade
Publicidade

Mas o fato é que Lula tem um partido forte (PT) e que não conseguiu ser abalado com as acusações e processos contra ele, e que de acordo com seu advogado não se fundamentaram.

Por que governo de Temer está em queda?

Uma pesquisa apontou que o desempenho pessoal de Temer também sofreu desgaste e decaiu nos últimos quatro meses. Temer assumiu a presidência provisoriamente devido ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, que foi acusada de maquiar as contas públicas com as pedaladas fiscais. Mas o governo Temer não tem agradado pela sua conjectura política suas reformas trabalhistas, por exemplo, não tem agradado grande parte do eleitor que é trabalhador e não se sente representado pelo governo.

Lula ou Bolsonaro?

A disputa entre Lula e Bolsonaro é acirrada e alguns fatores explicam as diferentes razões para cada uma delas.

Publicidade

Sobre Lula estaria havendo um sentimento de nostalgia e saudade por parte dos brasileiros, devido à valorização dada ao seu governo quando era presidente, onde a economia que crescia e a inflação estava bem controlada.

Quanto a Bolsonaro, ele é um tipo de Donald Trump brasileiro, que usa cartas bem marcadas que estão na sua manga e se beneficia deste momento conturbado na política e na economia, onde há também fortes anseios por mudanças, segurança e justiça. Principalmente no que se refere à criminalidade que começa nas ruas e chega até os portões de Brasília. #Michel Temer