O instituto Paraná Pesquisas realizou uma pesquisa sobre os possíveis candidatos à Presidência da República em 2018 e a intenção de voto da população. Foi analisado os votos de pessoas com Ensino Superior separadamente para averiguar qual candidato mais cresce entre essa parcela da população. E o resultado pode influenciar em demais partes da população e botar muitos para pensar.

Segundo o instituto, o presidenciável predileto entre os cidadãos com Ensino Superior é o ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) #Joaquim Barbosa. Ele não fez nenhuma declaração oficial anunciando uma possível candidatura, mas já disse que não descarta a possibilidade por completo numa entrevista que deu em novembro passado para o portal do jornal O Estado de São Paulo.

Publicidade
Publicidade

Joaquim Barbosa tem 17,3% dentro dessa parcela da população, seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que conta com 16,1% das intenções. Em terceiro lugar vem o deputado federal pelo Rio de Janeiro Jair Bolsonaro (PSC), com 14,5%, seguido pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), com 11,9%,.

A pesquisa foi realizada com 2.002 pessoas e os nomes dos presidenciáveis foram dados pelo instituto como opções de escolha, chamada de pesquisa estimulada. O nome de Joaquim Barbosa apareceu entre as possibilidades de vir como vice de Marina Silva, que já foi derrotada duas vezes anteriores na disputa pela presidência, uma em 2010 e também em 2014.

Eles viriam à disputa pelo Partido Rede Sustentabilidade, mas agora já existe a especulação dele vir a disputar a Presidência da República sem a presença da ambientalista.

Publicidade

O que surpreendeu foi a ascensão de Jair #bolsonaro entre os eleitores que contam com Ensino Superior na bagagem. O deputado normalmente contava mais com eleitores de nível Fundamental e Médio, mas a partir dessa última pesquisa foi notado o crescimento de Bolsonaro entre os com o nível superior também.

Sua presença nessa lista também impressiona, já que ele ficou a frente de Aécio, que já disputou anteriormente a Presidência e ainda ficaram de fora grandes nomes na #Política que também já participaram da disputa, como Dilma Rousseff e Marina Silva.