Os advogados de Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, conseguiram ser atendidos pelo juiz Marcelo Bretas que autorizou a ida de Adriana para a #Prisão domiciliar. Segundo o juiz, os filhos do casal, por serem menores de idade, estavam passando momentos difíceis por não terem ao lado os pais. Com a prisão domiciliar concedida, Adriana foi de uma cela de 8 metros quadrados para um apartamento de 400 metros quadrados.

Ela chegou ao seu apartamento escoltada pela Polícia Federal e sob vários protestos de pessoas inconformadas com os benefícios ganhos por ela.

Revolta

O que está mais causando revolta nas pessoas é a boa aparência de Adriana.

Publicidade
Publicidade

Parece que ela nem presa estava. Ela está mais magra e com a pele bonita. Internautas ficaram indignados e postaram as suas revoltas nas redes sociais.

Izabel Cristina Fonseca escreveu: "Nossa que cara boa!!. Paulo Ricardo Silva postou: "Essa mulher deve ter sambado muito na cara da sociedade".

Se formos comparar as imagens de quando Adriana entrou no presídio e agora do momento que saiu dá pra ver que ela mudou muito e para melhor. Nas ruas, as pessoas também perceberam isso. A ambulante Gisele Moura, 37, ironizou: "A comida que servem lá em Bangu deve ser muito boa. Olha só a pele dela!".

O taxista Gerson do Amaral Silveira, 44 anos, achou tudo isso um absurdo e criticou: "Se quando ela estava presa esteve bem cuidada, imagina agora em seu apartamento. Foi dado um tapa na cara da sociedade".

Publicidade

Direção do presídio

Em nota, a Seap (Secretaria estadual de Administração Penitenciária) comentou que as refeições servidas para ela e os demais detentos contém arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne, legumes e salada. Eles têm direito também a uma sobremesa e um refresco. No café da manhã é pão com manteiga e leite e no lanche da tarde pão ou bolinhos e guaraná.

Para explicar a boa forma e a boa aparência de Adriana Ancelmo, a direção do presídio apenas informou que ela se alimentou muito bem, durante o tempo que ficou presa. #cabral