Nesta sexta-feira (31), ocorreu um evento de formatura de policiais militares no sambódromo do Anhembi, Zona Norte de São Paulo. Estiveram juntos no mesmo palanque o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) e o deputado federal, Jair #bolsonaro. É o primeiro encontro entre os dois e pode ser que eles sejam adversários nas próximas eleições. Tudo vai depender se o governador de São Paulo Geraldo Alckmin vai abrir caminho para #Doria.

Bolsonaro e Doria foram muito aplaudidos. O deputado chegou a ser mais tietado e várias pessoas tiraram selfies com ele. A plateia vibrou muito no momento que foi anunciado a presença do deputado pelo mestre de cerimônias.

Publicidade
Publicidade

Bolsonaro ouviu atentamente ao discurso do tucano, que mais uma vez falou com garra e determinação.

O prefeito terminou a sua fala com as frases: "Viva o Brasil" e "Viva o povo brasileiro".

Após o discurso, Doria foi entrevistado e pediram para ele falar sobre o deputado, seu possível adversário nas próximas eleições, ter sido mais aplaudido que ele. O prefeito disse, serenamente, que não havia nenhum problema quanto a isso.

Bolsonaro fala de Doria

O deputado Jair Bolsonaro tirou várias fotos no evento, teve um verdadeiro papel de celebridade. As pessoas gritavam "Bolsonaro Presidente". Ele também gravou vídeos e concedeu entrevistas para o canal da PM.

No final, comentou sobre Doria com elogios: "Conheci ele pessoalmente hoje, dei um abraço nele e fiquei feliz com a maneira carinhosa com que ele me tratou", afirmou o deputado.

Publicidade

O governador Geraldo Alckmin foi representado pelos secretários estaduais de Segurança Pública, Magino Alves e da Administração Penitenciária, Lourival Gomes . Não foi informado o motivo da ausência do governador na cerimônia.

Direita

Bolsonaro começou em 1988 na política e sempre teve opiniões marcantes sobre diversos assuntos. Ele se elegeu para deputado federal, em 1990. O parlamentar pretende concorrer às eleições de 2018 para à Presidência da República, mas por enquanto está sem partido. Ele sempre foi alinhado à direita política. #Eleições 2018