O instituto Paraná Pesquisas divulgou, nesta sexta-feira (31), nova #Pesquisa de intenção de votos para as eleições presidenciais do ano que vem. Os dados levam em conta apenas o estado de São Paulo. O deputado federal e pré-candidato #Jair Bolsonaro (PSC) aparece empatado tecnicamente com Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na segunda posição.

O estado de São Paulo é governado pelo PSDB desde 1994, por isso os tucanos têm bastante força no segundo maior colégio eleitoral brasileiro. Confira os três cenários em que os candidatos do PSDB são o atual governador Geraldo Alckmin; o prefeito da cidade de São Paulo, João Dória; e o senador Aécio Neves.

Publicidade
Publicidade

A pesquisa estimulada foi realizada entre os dias 26 e 29 de março e ouviu 2035 eleitores maiores de 16 anos, em 88 cidades. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos e o grau de confiabilidade do levantamento é de 95%.

Cenário 1

No primeiro cenário, em que o candidato tucano é Geraldo Alckmin, o governador de São Paulo aparece na primeira posição, com 24,6% das intenções de votos. Lula aparece na segunda colocação, com 14,5%. Bolsonaro vem logo atrás, com 13,6%. Como a margem de erro é de 2% para mais ou para menos, os dois candidatos estão empatados tecnicamente. Marina Silva (Rede) soma 10,2% das intenções de votos. O ex-ministro Joaquim Barbosa também foi incluído e teria 8,2%. Ciro Gomes (PDT) aparece com apenas 3,5%, à frente de Michel Temer (PMDB), com 3,4%.

Cenário 2

João Doria teria melhor desempenho que o seu padrinho político.

Publicidade

São 26,2% das intenções de votos para o prefeito de São Paulo. Lula aparece com 15,2%. Com a margem de erro teria entre 13,2% e 17,3%. Jair Bolsonaro é o terceiro colocado, com 12,2%. Pela margem de erro poderia ter entre 10,2% e 14,2%. Novamente um empate técnico com Lula. Marina Silva tem 11,6% e também empata com Bolsonaro tecnicamente. Joaquim Barbosa (7,1%), Michel Temer (4,1%), Ciro Gomes (3,7%) e Álvaro Dias (3%) também receberiam votos.

Cenário 3

A imagem de Aécio Neves não está nada boa no estado de São Paulo. Quando ele é o candidato tucano, o PSDB fica na quarta posição. A liderança fica entre Lula e Bolsonaro. O petista teria 15,8% dos votos. Em seguida aparece o polêmico deputado federal, com 14,3%. Marina Silva foi citada por 12,5% dos entrevistados neste cenário. Aécio Neves teria 11,9%.

Até o final do ano muitas outras pesquisas serão divulgadas. #Eleições 2018