Os brasileiros foram surpreendidos nesta semana com um comunicado agressivo do #PMDB, partido do presidente Michel Temer. Em postagem no Facebook o partido ameaçou acabar com o Bolsa Família e outros programas sociais caso a reforma da Previdência não seja aprovada no Congresso Nacional. A mensagem foi postada no dia 1º de março e, em tom agressivo, afirma: "Se a reforma da Previdência não sair, tchau bolsa família, adeus Fies, acabam os programas sociais". A postagem ainda faz uma previsão de com será o futuro do Brasil caso a proposta de reforma não seja adotada: "Um país sem o investimento mínimo necessário em saneamento básico; sem melhorias em estradas, portos e aeroportos e com cortes nos programas sociais fundamentais".

Publicidade
Publicidade

A postagem causou revolta nas redes sociais. Até o início da noite desta sexta-feira, 3, a publicação havia recebido quase quatro mil comentários, em sua maioria criticando a ameaça. "Vocês estão ameaçando o povo brasileiro de cortar os pouquíssimos direitos sociais que temos, se não aprovarem essa reforma desnecessária, falaciosa e usurpadora? Vocês querem beneficiar os planos privados! Os grandes fundos de investimentos! Covardes!", reclamou o internauta Lucas Gabrielli.

O que propõe o governo

O governo do presidente Michel Temer propõe que a idade mínima para obter a aposentadoria seja de 65 anos tanto para homens quanto para mulheres (hoje a idade mínima é de 60 anos para homens e de 55 anos para mulheres). O tempo mínimo de contribuição passa de 15 para 25 anos, ou seja, os brasileiros precisam aceitar trabalhar 10 anos a mais.

Publicidade

A pensão por morte, que hoje é integral, terá redução de 50% e deixará de ter reajustes atrelados ao salário mínimo.

A contribuição previdenciária também será alterada. Servidores públicos federais, que hoje pagam 11%, passarão a "contribuir" com 14% do salário para a previdência.

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda, que visa garantir alimento, educação e saúde à famílias que vivem em extrema pobreza. Em todo o Brasil, cerca de 14 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família. #Temer #Bolsa Familia