O presidente americano, Donald #Trump, agendou uma ligação telefônica com o presidente da República, #Michel Temer, ambos conversaram neste sábado (20), por volta das 18 horas e 15 minutos. Esta não seria a primeira ligação telefônica entre os dois, Trump já havia conversado com Temer mostrando interesse em assuntos relacionados aos países, mas desta vez a ligação teria enfatizado o escândalo brasileiro com as carnes estragadas.

Uma incógnita foi lançada contra o Planalto, que ainda não confirmou os motivos: A ligação de Trump, seria para conversar sobre a Operação #Carne Fraca da Polícia Federal? Conforme o Palácio do Planalto tenta demonstrar que "tudo está sob controle", a afirmação não é confirmada, mas o que dá para entender é que Trump poderia ter questionado o presidente brasileiro sobre a procedência dos alimentos exportados. Temer teria "tranquilizado" o Trump em relação as fiscalizações dos produtos.

Em uma nota emitida pelo Planalto, através da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Temer teria recebido um "parabéns" de Trump pela gestão em busca da melhora da economia, apontando os resultados."O Presidente Michel Temer sublinhou que uma série de indicadores econômicos recentes permite afirmar que o crescimento da economia e do emprego já retornou." Temer teria contado que ao longo desta próxima semana, encontros com a Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos e encontros com o Conselho das Américas, serão realizados.

Também na nota, o Planalto ressalta que Trump mostrou grande interesse para que Michel Temer vá até os Estados Unidos tratar assuntos de interesse entre ambos.

Operação Carne Fraca

A maior operação da história da Polícia Federal mexeu com países como a China, Estados Unidos e a União Europeia, que cobraram ferozmente explicações do Brasil sobre a procedência das carnes e as acusações da polícia. Carnes estariam "pulando" as fiscalização e frigoríficos utilizavam produtos químicos cancerígenos para amenizar e enganar o aspecto de carne vencida, comercializando novamente.