O deputado federal Jair Bolsonaro ficou em situação bem desconfortável ao tentar cumprimentar o juiz Sérgio Moro no aeroporto Juscelino Kubitschek em Brasília. Em vídeo que circula na internet é possível ver que a cena foi gravada a pedido do próprio Jair Bolsonaro, no encontro que podia ser um tremendo chamariz para o político que pretende participar da corrida eleitoral para a presidência da República em 2018, já que o juiz encarregado da operação Lava Jato tem uma legião de admiradores por todo o Brasil. Mas parece que o tiro saiu pela culatra, pois os internautas não perdoaram a frieza com que o juiz Sérgio Moro recepcionou o deputado federal do Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

No vídeo, é possível ver que Sérgio Moro estava cercado por admiradores que apoiam como a operação Lava Jato vem sendo comandada pelo juiz de Curitiba, nessa hora, vem Jair Bolsonaro, que, inclusive, presta continência a Moro que friamente se resume a esticar a mão e cumprimentar bem rapidamente o parlamentar.

Confira no vídeo como foi o encontro entre o juiz responsável pela operação Lava Jato e o deputado federal:

Jair Messias Bolsonaro é político brasileiro e militar da reserva. Bolsonaro está no seu sexto mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista. Nas últimas eleições gerais de 2014, foi o deputado mais votado do Rio de Janeiro. Hoje, ele é filiado ao Partido Social Cristão desde março de 2016. Bolsonaro é reconhecidamente um político de Direita e mantém suas posições conservadoras e nacionalistas.

Publicidade

Jair Bolsonaro coleciona uma série de polêmicas ao longo da sua vida pública como parlamentar, dentre elas uma entrevista bombástica contra os homossexuais para a revista Playboy, em junho de 2011, onde ele afirmou que seria incapaz de amar um filho gay e que preferia que um filho seu aparecesse morto num acidente automobilístico do que com um outro homem bigodudo andando pelas ruas. O deputado federal ainda disse que se um casal homossexual fosse morar ao lado de sua residência, sua casa teria seu valor de mercado imediatamente desvalorizado. #Bolsonaro vácuo #Moro ignora Bolsonaro #Moro e Bolsonaro