Começou a ir ao ar, na noite da última segunda-feira (20), uma série de novos vídeos do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) exaltando as reformas que estão sendo implementadas pelo governo do presidente Michel Temer.

Ao todo, foram preparados 10 vídeos de 30 segundos cada, que têm como carro-chefe o slogan "#o Brasil de Temer - o presidente certo, na hora certa". A ideia é mostrar a importância de reformas como a da Previdência Social e do Ensino Médio, assim como os feitos do governo Temer em áreas estratégicas, como o agronegócio. Segundo informações passadas em um deles, o setor está recebendo aporte financeiro do Banco do Brasil da ordem de R$ 12 bilhões.

Publicidade
Publicidade

Só que o tiro parece ter saído pela culatra. A data de lançamento dos teasers coincidiu com a repercussão do maior escândalo envolvendo o setor de agronegócio do país, com suspeita de repasse de propina ao PMDB e ao PP.

Como se não bastasse, Temer enfrenta índices de impopularidade altíssimos, o que acabou provocando uma onda de memes e piadas - muitas delas ofensivas - nas redes sociais.

No Twitter, a hashtag "O Brasil de Temer" foi uma das mais utilizadas pelos internautas, com mais de 12 mil tweets abordando os vídeos.

Os memes mais tuitados fizeram referência ao escândalo da carne podre, revelado na Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, e à reforma da Previdência Social, fazendo referência ao "Brasil de Temer", onde não se pode mais comer carne e as pessoas precisam trabalhar até os 80 anos para poderem se aposentar.

Publicidade

A criatividade também foi a marca de muitos tweets:

Mas, foi mesmo o tom crítico que dominou os tweets:

Intenção é preparar público para novo programa televisivo

Além de falar sobre as próximas reformas que serão aprovadas, os vídeos enfatizam os cortes no orçamento para os próximos 20 anos, nas áreas de educação e saúde.

Publicidade

As propagandas afirmam, ainda, que o governo Temer assumiu o Brasil com a "economia em frangalhos” e altos índices de desemprego, atingindo 12 milhões de pessoa.

Os vídeos passam a ideia que, nos seis meses de governo Temer, já foram obtidas várias conquistas, como o aumento do valor do Bolsa-Família, a liberação de recursos do FGTS das contas inativas e a redução da inflação.

O material é assinado pelo marqueteiro Elsinho Mouco e o objetivo da ação é dar ao público uma espécie de "aperitivo" sobre o trabalho realizado, em preparação ao programa do PMDB de 10 minutos, que deverá ser veiculado nas emissoras abertas no próximo dia 30, em conformidade com a lei eleitoral. #piada pronta #chacota nas redes sociais