O clima em todo o Brasil no pré, durante e pós-eleições de 2014 foi tenso. Em 2018, a situação não pode ser diferente. Eleitores que declararam voto em Jair Bolsonaro (PSC-RJ), por exemplo, relataram nas redes sociais a perda de amigos ao tornarem público o apoio ao deputado federal no pleito presidencial do ano que vem.

Publicidade

Os desabafos foram feitos na página oficial de Bolsonaro no Facebook, onde o parlamentar é seguido por quase quatro milhões de internautas. “Vários amigos meu deixaram de falar comigo por meu apoio a você, Bolsonaro, espero que valha a pena a caminhada”, comentou um seguidor.

Publicidade

A postagem foi curtida foi mais de mil pessoas e nas dezenas de comentários que foram feitos houve outros relatos parecidos.

“Não eram amigos e eu passei pelo mesmo. Tem que valer a pena”, postou outro seguidor de Bolsonaro. “Eu também. Muitos dizem que eu ‘perdi’ amizades por causa de política. Está errado. Eu tenho valores, quem defende uma quadrilha de bandidos são imorais. Mas se fossem amigos mesmo, não partiriam”, desabafou mais um internauta.

.

Publicidade

Uma estudante de História em uma Universidade Federal perdeu amigos no Facebook. “Vários colegas universitários quando souberam que apoio o Bolsonaro desfizeram a amizade. Mas estou pouco me importando”, postou.

Outros internautas falaram que amigos se afastaram. “Não podemos nosso Brasil na merda. Um dia estes amigos verão que estavam do lado errado”, comentou outro seguidor de Bolsonaro.

“Andam até me perguntando se sou gay mesmo. Muitos já deixaram de falar comigo porque eu apoio sim o #Jair Bolsonaro. Apoio tudo o que ele diz”, declarou um eleitor do virtual candidato à Presidência da República.

Eleições 2018

Jair Bolsonaro aparece com boa margem de votos nas pesquisas de intenção para 2018. Nos próximos levantamentos é bem provável que haja uma simulação de segundo turno entre ele e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Embora não lidere as pesquisas, Bolsonaro tem a vantagem de ter rejeição menor que a de candidatos como Lula (PT) e Aécio Neves (PSDB).

Veja a postagem original onde os comentários foram feitos.

#Eleições 2018 #Bolsonaro presidente