O #prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), bateu boca com um #manifestante durante evento de entrega da "Minha Casa Minha Vida", nesta quarta-feira (29), no Grajaú, zona sul da capital. Enquanto discursava sobre a força das mulheres, o prefeito foi interrompido pelo jovem que, em defesa das obras no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), se manifestou: "Força da Dilma para fazer as casas", e por gritos de "Golpistas". Exaltado, João Doria retrucou o manifestante, dizendo que ele estava no lugar errado e que deveria procurar a sua turma (petistas), em Curitiba. "Golpista é quem rouba dinheiro público, golpista é quem rouba o povo", disparou o prefeito.

Publicidade
Publicidade

A página oficial do prefeito no Facebook postou o momento do bate-boca; veja vídeo

As entregas das 192 unidades habitacionais na região do Grajaú, para famílias de baixa renda, foram feitas em parceria com os governos federal e estadual. As obras tiveram início em 2010, no fim do governo petista, do ex-presidente Lula, e teve continuidade no governo da ex-presidente Dilma.

Movimentos de Doria rumo ao planalto em 2018 é criticado

Difícil encontrar no PSDB alguém que encarna o antipetismo como o atual prefeito de São Paulo, João Doria. Mesmo rechaçando ser candidato a presidente em 2018, os discursos inflamados do prefeito contra Lula, Dilma e renomados petistas têm agradado a militância tucana e incomodado caciques do partido.

No evento desta quarta-feira (29), no Grajaú, o tucano voltou a atacar Lula.

Publicidade

"Que golpe? Golpe deu o Lula no Brasil, isso sim". Em outros eventos, Doria chegou a chamar o ex-presidente Lula de "maior cara de pau do Brasil". Em 2016, ainda candidato à Prefeitura de São Paulo, Doria respondeu a um comentário do ex-presidente sobre sua candidatura, "O ex-presidente Lula sabe que vou visitá-lo em Curitiba".

Em editorial nesta quarta-feira, o jornal Folha de S.Paulo criticou a maneira com que Doria tenta se projetar no cenário nacional. O texto se refere à publicidade do programa "Cidade Linda", nos estádios de futebol em que a seleção brasileira se apresenta. #JoãoDória