A polêmica Reforma da Previdência proposta por Michel Temer foi tema de reunião nesta segunda-feira (20) entre o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, outros chefes de pastas ministeriais e parlamentares aliados ao governo. O objetivo era discutir a temática, que tem grande rejeição das ruas e até por parte de parlamentares que fazem parte da base aliada do governo. A presença de Michel Temer na reunião pode ser resumida em "uma passada", como informou a Secretaria de Imprensa da Presidência.

O governo deve fazer reuniões semanais para continuar discutindo a reforma e tentar arranjar uma forma de aprovar a proposta.

Publicidade
Publicidade

A ideia é que o próprio Michel Temer participe das articulações para tentar persuadir alguns parlamentares. Já foram apresentadas mais de 120 emendas só na Câmara dos Deputados.

Estiveram na reunião 18 ministros, além dos líderes do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) e no Congresso Federal, deputado André Moura (PSC-SE), companheiro inseparável de Eduardo Cunha. #Dentro da política