O ex-ministro-Chefe da Casa Civil dos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio #Lula da Silva e Dilma Rousseff, #José Dirceu, está preocupadíssimo e dá um sinal de alerta para o Partido dos Trabalhadores (PT). Todos os aliados do PT que vão visitá-lo na #Prisão recebem mensagens que depois são repassadas para o partido. Numa dessas mensagens, Zé Dirceu alerta para a possível prisão do ex-presidente Lula e de Dilma, já que o marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica Moura, decidiram fazer delação premiada.

O ex-ministro pede para que sejam feitas várias manifestações para que a Justiça seja pressionada e não prendam os ex-presidentes.

Publicidade
Publicidade

Ele pede que os movimentos sociais sejam acionados para que saiam nas ruas e evitem que Lula e Dilma vão para o mesmo lugar que ele, atrás das grades.

Ele ressaltou que a delação dos publicitários irá atingir em cheio os petistas e que algo precisa ser feito com urgência. As informações são do jornal a Folha de São Paulo.

Dirceu está no Complexo Médico Penal, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Ele teve uma punição, estabelecida pelo juiz Sérgio Moro, de 23 anos e três meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, participação em crimes de propinas da Petrobrás e lavagem de dinheiro.

Ansiedade

No dia 03 de maio, será a vez de Lula estar dando depoimento ao juiz federal Sérgio Moro. Lula terá que explicar sobre as reformas num triplex do Guarujá, litoral de São Paulo e de um sítio em Atibaia.

Publicidade

De acordo com as investigações, Lula teria se beneficiado de propina da Petrobras para as reformas dos imóveis. Essa propina veio de acordos corruptos entre a Construtora OAS, cujo presidente era o empresário Léo Pinheiro, com a estatal petrolífera.

Lula disse estar bem ansioso para ver todas as provas que Moro tem contra ele. Segundo o ex-presidente, até agora não lhe provaram nada.

O petista também admitiu que Moro tem um papel muito importante na história do país, mas que reprova quando a imprensa é utilizada para divulgar informações, que para ele, são sigilosas.

Doria

Lula também comentou sobre o prefeito de São Paulo, João Doria. dizendo que o prefeito só faz "pirotecnia", só quer se aparecer. O petista afirmou que não está preocupado com as eleições de 2018.

Doria tem feito várias críticas a Lula. O prefeito tem uma aprovação de mais de 70% dos eleitores paulistas e pode ser candidato à Presidência da República, em 2018, mesmo ele negando isso, por enquanto.