O inspetor de Segurança de Administração Penitenciária, Wilson Camilo Ribeiro, detalhou um esquema montado pelo deputado federal Marco Antonio #cabral, filho do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, em presentear a direção do presídio de Bangu 8 com cortesias para o Carnaval desse ano. O deputado deu convites para toda a direção de Bangu 8. Receberam as cortesias a diretora do #Presídio (setor feminino), Rita de Cássia Alves Antunes, a subdiretora Adriana Veríssimo, a chefe de segurança Maria Aparecida e a auxiliar de segurança Bianca Achur.

Todos esses convites dados por Marco Antonio Cabral tinha um interesse.

Publicidade
Publicidade

Ele queria que todos protegessem sua mãe na cadeia. E foi mesmo o que aconteceu. Adriana Ancelmo, esposa de Cabral, teve uma vida tranquila no Complexo Penitenciário. Ela chegou a ganhar uma pizza da diretora Rita de Cássia. Uma das funcionários do setor disse ter ficado revoltada com isso. Segundo ela, são tantos privilégios para uns e outros continuam do mesmo jeito.

Denúncia

Familiares de outros detentos resolveram denunciar e protestar contra as regalias para o casal Cabral.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) irá investigar irregularidades nas visitas de parlamentares a Cabral. O ex-governador recebe políticos em horários extraordinários e tudo tem sido aceito pela direção do presídio.

O filho de Cabral tem acesso livre ao seu pai, não importa o horário ou as circunstâncias.

Publicidade

Ele chegou a visitar o pai mais de 30 vezes e sempre usando a prerrogativa de parlamentar.

Os familiares dos outros detentos passam horas em filas tentando ver seus parentes e depois são obrigados a andar 1 Km para chegar às penitenciárias.

Prisão domiciliar

Os primeiros dias de Adriana, no cumprimento de sua #Prisão domiciliar, não tem sido fáceis. Várias pessoas estão protestando contra ela com palavrões, pichações e muita buzina.

Nesta última quinta-feira (30), os vizinhos do casal protocolaram um abaixo-assinado pedindo a sua saída.

As pessoas estão indignadas com as regalias conseguidas com um Judiciário, que segundo eles, é muito fraco.