Integrantes do #Governo próximos ao presidente Michel #Temer (PMDB) demonstraram surpresa com algumas das alterações apresentadas pelo deputado Arthur Maia (PPS-BA) em seu relatório sobre o projeto de #Reforma da Previdência, apresentado na comissão especial da Câmara nesta quarta-feira, dia 19.

Publicidade

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, algumas das alterações apresentadas por Maia - como a mudança da idade mínima para a aposentadoria de trabalhadores rurais, entre outras - não estavam no radar do governo.

Antes da leitura do parecer, o deputado Beto Mansur (PRB-SP), havia inclusive preparado uma cartilha impressa para ser distribuída aos parlamentares, apresentado às mudanças que a reforma deve abordar, caso aprovada.No entanto, com as alterações de Maia, a cartilha passou a conter informações errôneas logo após ter sido produzida..

Publicidade

Como justificativa para a reforma, membros da base governista afirmam que a Previdência está em déficit e que é necessário equilibrar as contas de forma a estabelecer a situação econômica do país. Deputados da oposição contestam, afirmando que a medida do governo vai colocar a conta nos trabalhadores, que precisarão contribuir mais e por mais tempo para se aposentar.