A consolidação da pré-candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro à Presidência da República torna-se mais forte a cada dia, com a divulgação de novas pesquisas de intenção de votos para o pleito de 2018.

Publicidade

Nesta quarta-feira (19), o DataPoder360 divulgou dados de uma pesquisa de abrangência nacional que foi realizada entre os dias 16 e 17 de abril e ouviu 2.058 pessoas, com mais de 16 anos de idade, em 217 cidades brasileiras. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos.

Como tem sido praxe, são levados em conta três cenários. Um para cada um dos possíveis candidatos tucanos: Aécio Neves, senador pelo estado de Minas Gerais; Geraldo Alckmin, governador do estado de São Paulo; e João Dória, prefeito da cidade de São Paulo..

Publicidade

Primeiro Cenário

Lula aparece na primeira posição, com 24%, e à sua cola está Jair Bolsonaro, que chega aos 18%. Marina Silva aparece na terceira posição, com 11%. O tucano Geraldo Alckmin tem apenas 8%.

O número de eleitores que votariam em branco ou anulariam o voto é de 25%, maior do que os votos que seriam dados ao primeiro colocado no levantamento. Isso mostra que muitos eleitores estão indecisos.

Para ratificar a dúvida de boa parte do eleitorado, 9% não souberam ou não quiseram responder.

Segundo cenário

No segundo cenário pesquisado pelo DataPoder360, o candidato do PSDB é Aécio Neves. O senador pelo estado de Minas Gerais, porém, tem número de votos inferior ao de Alckmin, alcançando apenas 7%.

Lula, novamente, lidera o levantamento, com 25%. #Jair Bolsonaro atinge 19% neste cenário.

Publicidade

Número surpreendente até bem pouco tempo atrás e que confirma o crescimento da candidatura do deputado federal.

Conhecido por suas opiniões poucos ortodoxas, Jair Bolsonaro tem conquistado parte do eleitorado que gosta de políticos francos e que não estejam envolvidos em corrupção.

A corrupção, aliás, deve ser o grande fiel da balança nas eleições do ano que vem. Bolsonaro tem esse trunfo a seu favor e, com toda certeza, usará bastante durante a campanha para o Planalto.

Terceiro cenário

Este cenário reforça a tese de que João Doria deve ser o candidato do PSDB nas eleições do ano que vem. Ele aparece com 13%, enquanto Bolsonaro tem 14% e Lula, 25%. Marina Silva soma 9% e Ciro Gomes apenas 5%.

As chances de Doria concorrer à presidência crescem a cada dia. Com isso, Geraldo Alckmin tentaria uma vaga no Senado Federal já que não pode concorrer ao governo do estado. #Eleições 2018