O Instituto Paraná Pesquisas divulgou novo levantamento sobre a corrida presidencial de 2018 feito no estado de Minas Gerais. Na terra de Aécio Neves, quem dá as cartas é Lula. O petista Luiz Inácio #Lula da Silva, que presidiu o Brasil entre 2003 e 2010, lidera os três cenários de #pesquisa e mostra a sua força em todo o país.

Publicidade

A pesquisa foi realizada entre os dias 31 de março e 5 de abril. Foram ouvidos 2.015 eleitores, em 88 cidades mineiras.

Publicidade

O grau de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Cenário 1

Na pesquisa estimulada em que o candidato do PSDB é o senador Aécio Neves, Lula aparece na liderança, com 23,2%. Aécio é o segundo colocado, com 18,4%. Jair Bolsonaro (PSC), com 16%, é o terceiro colocado. Marina Silva, com 11%, aparece na quarta posição. Cerca de 5,6% das pessoas não sabem em quem votar.

Aécio Neves não se dá bem contra petistas em seu próprio estado. Em 2014, a derrota em Minas Gerais foi fator importante para que ele não fosse eleito presidente do Brasil. Dilma ganhou com cerca de três milhões de votos a mais em todo o país.

Aécio Neves só venceria Lula nos votos das pessoas com 60 anos ou mais. Nesta faixa etária, o senador tucano teria 23,9%, contra 22,8% de Lula. Nas demais faixas etárias, o petista vence.

Apesar da derrota, os outros cenários mostram que Aécio é o nome mais forte entre os tucanos no estado de Minas Gerais, que já governou.

Publicidade

O Paraná Pesquisas perguntou aos eleitores qual o político do PSDB com maior chance de ser votado.

Aécio foi lembrado por 29,1% das pessoas. Atrás dele vem a opção nenhum, com 27,7%. Ou seja, esses eleitores não votariam em nome tucano. Doria, lembrado por 14,2%, e José Serra, 13,1%, aparecem à frente de Alckmin, que teria apenas 8,7%.

Cenário 2

Quando candidato tucano é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a vantagem de Lula é ainda maior. O ex-presidente teria 24% dos votos, contra apenas 8,9% de Alckmin, que aparece na quarta posição.

Neste cenário, Jair Bolsonaro é o segundo colocado, com 16,4%. Marina Silva aparece em terceiro, com 13,4%. Outros nomes citados são o do ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa (8,4%), do ex-ministro Ciro Gomes, do presidente Michel Temer e do senador Ronaldo Caiado.

Cenário 3

No terceiro cenário da pesquisa estimulada realizada pelo Paraná Pesquisas, o candidato do PSDB é o prefeito de São Paulo, João Doria. O gestor da maior cidade do país também aparece na quarta posição.

Doria teria 9,9% dos votos, contra 23,9% do primeiro colocado, Lula. Jair Bolsonaro é o segundo, com 15,5%, logo à frente de Marina Silva, que teria 14% dos votos. #Eleições 2018