Durante #discurso na Comissão Mista da Medida Provisória 765, que aconteceu na última terça-feira (18), no Senado Federal, a prótese dentária do senador Hélio José (PMDB-DF) caiu duas vezes de sua boca enquanto ele falava. Constrangido com a situação, o peemedebista conseguiu, depois de muitas tentativas, recolocar o aparelho no local e até comentou que está com o #dente quebrado.

Publicidade

Depois do equívoco, Hélio seguiu com seu discurso, mas foi surpreendido novamente quando os dentes saltaram de sua boca.

Publicidade

Sem saber o que fazer e diante de olhares assustados dos colegas que estavam no local e presenciaram toda a cena, o senador retirou a prótese e guardou no bolso. Senadores e deputados que participavam do evento ficaram chocados com a cena e alguns deles começaram a rir diante da situação.

Assista ao vídeo:

A reunião discutia a alteração no pagamento dos servidores de ex-territórios e de servidores públicos federais. A MP teria o objetivo de reorganizar cargos e carreiras, além de estabelecer regras de incorporação de gratificação de desempenho a pensões e aposentadorias.

Em entrevista ao portal Metrópoles, Hélio José disse estar fazendo um tratamento dentário e que mesmo constrangido com a situação não poderia deixar de discursar sobre a medida provisória. Segundo ele seu discurso era importante e defendia os servidores públicos.

Publicidade

O #Senador ainda contou à publicação que foi ao dentista depois que saiu da comissão mas retornou ao Senado para concluir a programação de sua agenda.

Medida Provisória 765

De acordo com informações obtidas através da página oficial do Senado Federal, a MP 765 prevê reajustes salariais para oito categorias de servidores federais, entre elas oficial de chancelaria, auditor fiscal do Trabalho, carreira de infraestrutura, diplomata, perito médico previdenciário, auditor fiscal da Receita Federal, assistente de chancelaria e policial civil dos ex-territórios (Acre, Amapá, Rondônia e Roraima).

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Oliveira, esteve presente no evento que discutia a medida provisória e defendeu sua aprovação. Oliveira ainda disse que o Governo está estruturando uma proposta de reforma com o objetivo racionalizar e aprimorar a administração pública.

O relatório final da análise da media provisória feita pelo senador Fernando Bezerra Coelho deve ser apresentado na próxima terça-feira (25) e votado no dia seguinte. A MP prevê um aumento de 28% no salário de aproximadamente 68 mil servidores.