O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, relator da Lava Jato na Casa, determinou a abertura de inquérito contra oito ministros do governo Temer, 24 senadores e 39 deputados federais. Entre estes nomes, não aparece o do deputado federal e pré-candidato à Presidência da República em 2018, #Jair Bolsonaro. Em vídeo divulgado em sua página oficial no Facebook, o parlamentar comemorou.

Vídeo

O vídeo foi publicado na noite desta terça-feira (11), assim que a lista de Fachin foi divulgada. Em quatro horas no ar, o vídeo já foi assistido por quase dois milhões de pessoas. São mais de 75 mil compartilhamentos e mais de 100 mil curtidas na publicação que ultrapassou os 10 mil comentários.

Publicidade
Publicidade

No vídeo, um homem pergunta se deputado está na lista de Fachin. “Pô, não tô de novo. Que decepção para a esquerda do Brasil. A petralhada vai chorar a noite toda hoje”, diz Bolsonaro.

“Mas tem duas pessoas maravilhosas aqui: Carlos Zaratini e #Maria do Rosário (deputados federais pelo PT). Mas o que é isso, Maria do Rosário? A Papuda lhe espera, boa estadia lá, valeu? Um forte abraço”, ironizou o deputado federal, que termina o vídeo batendo na mesa em forma de comemoração.

Repercussão

Os seguidores de Bolsonaro no Facebook gostaram do vídeo. “A única lista que o nome dele vai aparecer vai ser na lista dos presidentes mais votados da história do Brasil”, comentou um seguidor do deputado federal.

“Estamos juntos Jair Messias Bolsonaro, aqui em casa todos vamos votar em vossa excelência, 2018 é nosso”, falou outro.

Publicidade

Os elogios não pararam. “Nunca gostei tanto de política como gosto hoje em dia. Bolsonaro, uma luz no fim do túnel”, comentou uma seguidora.

“Caramba, Bolsonaro, estou ficando decepcionado, você nunca aparece em nenhuma lista, não está na lista do Mensalão, não está na lista do Petrolão, não esta na lista da Lava Jato, tanto que o Moro nem te reconheceu. Não esta na lista do Janot, não está na #Lista do Fachin, caramba, que ‘puta cara honesto’, nem parece deputado. Desse jeito vou ter que votar em você, não tem jeito”, disparou outro seguidor.

Houve, porém, seguidores que alertaram Bolsonaro. “Cuidado com o que fala. Estão doidos para te tirar a elegibilidade, não podemos perder sua candidatura”, pediu um seguidor.

Em pesquisa feita pelo jornal Folha do Espírito Santo, Bolsonaro apareceu com 58% dos votos no estado da região sudeste. Bem à frente de Lula e dos demais prováveis candidatos das eleições do ano que vem.