No #Senado Federal, durante a Comissão Mista da Medida Provisória 765, nesta última terça-feira, 18 de abril, o senador do Distrito Federal, Hélio José (PMDB-DF), passou por uma tremenda vergonha. Enquanto discursava sobre a alteração no salário de servidores públicos federais e a reorganização das carreiras e de cargos, os #dentes do senador simplesmente caíram.

Publicidade

O momento inesperado deixou até mesmo colegas da comissão constrangidos e com reação assustada.

Publicidade

O "susto" do senador foi marcado por dois momentos; Na primeira, o senador começa seu discurso, mas se mostra incomodado com os dentes, ele então dá uma "ajeitadinha". Continuando a falar, percebe que não tem jeito. Na segunda vez, ele é obrigado a tirar os dentes e guardá-los no bolso. Percebendo que os dentes iriam cair da sua boca, o senador ainda disse: "vou tirar isso daqui", ou seja os dentes iriam cair a qualquer momento o constrangendo ainda mais.

A TV Senado transmitiu ao vivo nesta terça-feira a comissão, as cenas estão gravadas para quem quiser ver. É possível notar que parlamentares ficaram constrangidos e muitos tentaram esconder as #risadas.

Em justificativa, o senador foi enfático ao dizer que estaria fazendo um tratamento nos dentes e que não poderia deixar de discursar por esse motivo. Então, quando sentiu que aquilo o estava incomodando muito, resolver logo tirar para continuar falando. Ele também contou que esperou acabar a comissão para depois ir no dentista e novamente, retornar ao Senado Federal..

Publicidade

Veja a seguir o vídeo do momento em que Hélio José discursa e se incomoda com os dentes.

Senado Federal

A comissão que Hélio José participava no Senado Federal tratava sobre as medidas que reorganizam a carreira de auditoria-fiscal do Trabalho. Uma tentativa já havia sido feita no dia 8 de março, mas foi impedida de dar prosseguimento porque os parlamentares não estariam entrando em acordo, tumultuando todo o processo.

Outro prosseguimento que será instaurado no Senado, será um novo relatório sobre a Lei de Abuso de Autoridade que prejudica juízes federais. O relator Roberto Requião (PMDB-PR), avaliou que tentarão passar uma imagem mais positiva sobre a Lei e ainda atacará teses feitas pela Procuradoria Geral da República. Após os avanços da Operação Lava Jato e diversos parlamentares "encrencados" com atos de corrupção e lavagem de dinheiro, o Senado busca uma forma de aprovar uma Lei, que segundo juízes, irá ferir no poder de decisão do Judiciário.