O presidente da República, Michel Temer, do PMDB, passa por momentos complicados. Ele foi flagrado conversando com o dono da JBS, Joesley Batista, em uma conversa em que o assunto principal era mesada para o ex-deputado Eduardo Cunha, do PMDB, manter silêncio na Operação Lava Jato.

Segundo Joesley, Michel teria concordado em que a mesada para manter o silêncio de Cunha continuasse a ser dada. Temer, além de negar a informação, pede investigação precisa e rápida da Justiça e já avisou que não vai renunciar ao cargo. Mesmo assim, especialistas garantem que, caso o peemedebista sobreviva mais de um mês no poder, será uma grande surpresa.

Publicidade
Publicidade

Temer é alvo de bruxaria

Bem antes da delação de Joesley Batista vir à tona, o jovem bruxo e tarólogo Eric Santine fez um ritual de magia contra o presidente. Ele publicou fotos do ritual em uma rede social e revelou que havia se inspirado em colegas bruxas dos Estados Unidos. Elas estariam fazendo magias parecidas envolvendo o presidente americano Donald Trump, envolvido em várias polêmicas, mas em especial às de tensão com a Coreia do Norte.

Na publicação que antecedia o que acontece agora, o que o jovem diz assustou muita gente. "É um ritual que visa amarrar toda e qualquer ação maldita planejada por ele e seus parceiros junto com uma maldição maledictus et semini ejus", revelou o rapaz, que diz fazer o ato contra toda a agenda que chamou de maléfica e que envolve o presidente da República.

Publicidade

Ruína de Temer teve dia e hora para acontecer

No dia em que postou o texto, o bruxo avisou que a ruína do presidente aconteceria entre 70 e 72 dias após o ritual de ciências oculta. O ritual completou 72 dias justamente na data em que todo o segredo da delação de Joesley Batista veio à imprensa, na quarta-feira (17).

Com isso, o tema foi tratado como política e houve quem elegesse o jovem bruxo como um vidente. Nas redes sociais, alguns internautas também pediram rituais de magia negra contra outros políticos, como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Política e magia negra

Não é a primeira vez que um presidente da República se envolve em uma polêmica sobre magia negra. Roseanne Collor, ex-mulher do ex-presidente Fernando Collor de Mello, no livro 'Tudo que Vi e Vivi' relata que o político teria feito magia negra até mesmo para Silvio Santos. Na época na candidatura de Collor, o dono do SBT chegou a pensar em disputar o pleito, mas depois da “amarração” feita por Collor, ele teria desistido.

Veja abaixo uma publicação feita em março pelo bruxo e que previa o destino infeliz do presidente da República:

E você, acredita que tudo isso realmente irá acontecer e essa maldição vai pegar no presidente da República? Deixe seu comentário. #MagiaContraTemer #EricSantine #Michel Temer