Deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é o nome mais forte entre os eleitores jovens do Rio Grande do Sul, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas.

Fenômeno parecido já havia acontecido em Minas Gerais e no Paraná, estados onde o polêmico deputado federal também seria o mais votado entre os jovens de 16 a 34 anos se as eleições fossem hoje.

Rio Grande do Sul

Entre os eleitores gaúchos de 16 a 24 anos, Jair #bolsonaro seria votado por 24,1%. #Lula (PT) aparece na segunda posição, com 18,7%. Na sequência aparece o atual prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, com 13,2%.

Publicidade
Publicidade

A vantagem de Bolsonaro é ainda maior quando são levados em conta apenas os votos dos eleitores entre 25 e 34 anos. O deputado federal aparece com 24,5% das intenções de voto.

Lula é o segundo colocado, agora com 16%. João Doria é novamente o terceiro, com 14,6%. O petista o tucano estão empatados tecnicamente. Marina Silva teria 10,1% dos votos nessa faixa etária.

Estes dois cenários mostram que Bolsonaro lidera entre aqueles que têm entre 16, idade mínima para votar, e 34 anos. Ou seja, o eleitorado mais jovem quer, realmente, mudança no cenário político brasileiro.

Jair Bolsonaro

O deputado federal e pré-candidato à presidência da República ainda não tem nenhuma proposta para a disputa presidencial do ano que vem. Na área econômica, maior problema do país, ele tem falado na exploração do grafeno, mineral que pode ser bastante utilizado no futuro.

Publicidade

Nas áreas de políticas sociais, Bolsonaro tem mostrado sua posição no decorrer dos anos. Sempre se manifestou contrário às cotas em universidades e é contra qualquer lei que privilegie minorias.

No levantamento do Paraná Pesquisas, Bolsonaro aparece na segunda posição no Rio Grande do Sul, colado em Lula. No primeiro cenário, o petista tem 19,8%, contra 17,5% do parlamentar.

No segundo cenário, em que Geraldo Alckmin é o candidato do PSDB, Bolsonaro empata com Lula: ambos têm 19,4%. No último cenário, com Aécio Neves, Lula tem 19,8%, contra 19,3% de Bolsonaro.

O que impede o pré-candidato do PSC a estar na primeira posição é desvantagem que tem em relação a Lula entre os mais velhos. Entre os eleitores com 60 anos ou mais, Lula tem 21,7%, contra apenas 9,9% de Bolsonaro.

Não é tão simples explicar o sucesso de Bolsonaro entre os mais jovens, mas é fato que esse apoio se confirma a cada novo levantamento divulgado pelo Paraná Pesquisas. #Eleições 2018