William Bonner acabou cometendo um erro no início do “Jornal Nacional” de hoje, dia 17 de maio, em um dia que se pode tornar um dos mais importantes da política brasileira dos últimos meses. Tal como informa o site da revista “Veja”, o âncora da Globo se referiu a #Michel Temer como sendo o “ex-presidente”, enquanto dava a notícia de que um delator tinha gravado um áudio em que, alegadamente, Temer surgia dando o aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha na prisão. Percebendo do erro grave que tinha cometido ao vivo, Bonner nem sequer teve o cuidado de corrigir o que tinha acabado de dizer.

Foi com enorme surpresa que, há poucas horas, o site do jornal O Globo recebeu e revelou de um delator da JBS uma gravação do atual presidente brasileiro, no passado mês de março, indicando o deputado Rodrigo Rocha Lourdes para resolver os assuntos da JBS, tendo nessa altura recebido uma mala com cerca de 500 mil reais.

Publicidade
Publicidade

Em outra gravação, no mesmo mês, o empresário indicou que estava dando uma mesada a Eduardo Cunha para ele manter o seu silêncio, algo que Michel teria respondido: “tem que manter isso, viu?”.

Após o já conhecido “plantão da Globo”, naturalmente o “Jornal Nacional” começou com a polêmica do momento, ao mesmo tempo que muitos milhares de brasileiros, nas redes sociais e na rua, já pediam o “#Impeachment” imediato de Michel Temer. Como garante o site da revista “Veja”, de forma muito clara, Bonner se referiu a Temer como sendo um “ex-presidente”, dando a entender que também o âncora parece querer ver o político fora da Presidência.

Com o áudio vazado, bem como uma série de imagens, muitos deputados também já pedem que o processo de “impeachment” se inicie o mais rapidamente possível, afirmando que há agora razões mais do que suficientes para existirem suspeitas que Temer concordou em dar subornos a pessoas detidas para elas se manterem caladas.

Publicidade

Em comunicado oficial, o Planalto, representando o presidente, já desmentiu as informações que estavam contidas nessas gravações. Porém, e sendo nesse momento o assunto mais falado e comentado no “Twitter”, resta agora perceber como Temer vai conseguir justificar o conteúdo comprometedor dessas informações reveladas por um delator.

O que acham do erro grave e pouco normal de William Bonner? Acham que o ex-marido de Fátima Bernardes fez bem em não corrigir o erro, mesmo tendo reparado que errou ao vivo na Globo? Deixe sua opinião. #Rede Globo