A investigação da operação Lava Jato vem abordando muitos políticos e empresários relacionados a esse meio, que, de certa forma, estão envolvidos com algum tipo de corrupção. O crime que tem o maior número de investigações é o uso de caixa 2 nas campanhas políticas e em grandes construções, ordenadas pelo governo, e os principais governantes do país estão envolvidos nessas falcatruas.

Luiz Inácio #Lula da Silva governou o país por 8 anos, ou seja, dois mandatos de um presidenciável, e também esteve junto no governo conseguinte da ex-presidente Dilma, que se manteve por 6 anos no poder, só saiu quando sofreu o impeachment em seu segundo mandato e acabou sendo substituída pelo vice-presidente, Michel Temer.

Publicidade
Publicidade

A questão é que Lula já esteve muito tempo no poder do Brasil, e com altos índices de corrupção, os investigadores desconfiam totalmente de que ele está envolvido em alguns, se não em quase todos.

Como Lula se tornou réu?

O ex-presidente da República começou a ser investigado na operação Lava Jato depois que delatores, utilizando do artefato da "delação premiada", citaram seu nome consecutivamente e em muitos depoimentos, a maioria alegando que ele possuía um apartamento tríplex no Guarujá, e também um sítio em Atibaia, que sofreram reformas pela empreiteira Odebrecht.

O problema não está em ele ter esses imóveis e nem terem sofrido reforma por tal empreiteira. A questão é que esses bens não estão no nome de Lula e isso se chama "ocultação de imóveis". A outra questão é que delatores ligados à empresa e até mesmo os coordenadores e diretores da própria citaram isso como uma troca de favores, enquanto Lula tinha poder e mesmo depois de ter saído da presidência, ainda tinha muita influência.

Publicidade

Processos nos quais Lula é réu

Compra do tríplex: Lula é acusado de ter recebido um apartamento de três andares em forma de propina da empreiteira Odebrecht.

Atrapalhar investigação: a Procuradoria da República no Distrito Federal aceitou o pedido feito pelo juiz federal Ricardo Augusto Leite, no qual o ex-presidente Lula se torna réu por ser acusado de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Influência em favor da Odebrecht: essa acusação cabe à "Operação Janus" que tem suspeita do ex-presidente e também que diretores da empreiteira, como Marcelo Odebrecht, tenham crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Compra de Caças: Lula é investigado pela "Operação Zelotes" por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A denúncia diz que Lula teria interferido na compra de 36 caças do modelo Gripen pelo governo brasileiro.

Dinheiro para sede do Instituto Lula: a acusação é que o ex-presidente tenha usado seu instituto para lavagem de dinheiro e corrupção passiva, firmando contratos com a Petrobras e Odebrecht. #Moro #Lava-Jato