De acordo com a revista IstoÉ, há uma grande chance de que #Lula venha a ser condenado. A condenação do ex-presidente Lula ocorrerá por etapas em junção ao juiz federal Sérgio Moro com o Ministério Público Federal.

O cronograma da condenação

O ex-presidente foi o último réu, dentre outros sete, a prestar depoimento para o juiz federal Sérgio Moro.

No dia 16 de maio, o juiz Sérgio Moro abrirá o prazo para que o Ministério Público faça as considerações finais a respeito do caso do triplex. O prazo terminará no dia 31 de maio e, a partir desta data, o juiz estará pronto para determinar a sentença, provavelmente até o final de junho.

Publicidade
Publicidade

O ex-presidente da República é acusado de corrupção passiva, assim como lavagem de dinheiro, por ter recebido R$ 3,7 milhões da OAS, que teria sido utilizado para a aquisição do triplex, além de ser destinado para o pagamento da Granero, quando deixou seu mandato da presidência.

Os advogados da Lava Jato estimam que Lula poderá ser condenado a até 20 anos de prisão. Caso a condenação for de fato confirmada, o ex-presidente Lula terá a possibilidade de recorrer à segunda instância; o Tribunal Regional Federal da 4º Região poderá levar de 6 meses a 1 ano para despachar o recurso. Desta forma, estima-se que até junho do ano que vem, Lula poderá ter sua sentença confirmada, e esta poderá alcançar até 20 anos, apenas pelo caso do triplex.

Eleições de 2018

Caso isto de fato venha a ocorrer, o ex-presidente se tornará "ficha suja", o que impedirá que se candidate nas eleições presidenciais de 2018. Assim, compreende-se a razão pela qual o ex-presidente Lula almeja tanto buscar o poder, não pela capacidade de poder contribuir com o país, mas por tornar-se invulnerável a processos criminais, assim como a condenações e prisões.

Publicidade

Caso a condenação ocorra no próximo ano, consequentemente Lula não poderá candidatar-se à presidência da república, o que irá facilitar a eleição de outros candidatos, que vêm ganhando popularidade com o passar do tempo, como Bolsonaro e João Dória, que disputarão um eleitorado semelhante. Grupos que apoiam a prisão de Lula são famosos nas redes sociais por terem grande apoio por parte da população brasileira. #É Manchete! #Crise-de-governo