Em um evento ocorrido em Londrina, no Estado do Paraná, na quinta-feira (25), um encontro inusitado aconteceu. Dá para imaginar em um mesmo evento, o deputado federal Jair Messias Bolsonaro (PSC-RJ) e o Sargento Gilson Cardoso Fahur, conhecido como Sargento Fahur? Pois é! Dois polêmicos ícones da internet em um mesmo lugar. Veja o que aconteceu.

Discurso em Londrina

O discurso, iniciado por Sargento Fahur, foi só elogios em relação a Bolsonaro. O militar da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas), conhecida figura da internet por ter tolerância zero com os bandidos, afirmou que acompanha a carreira de Bolsonaro há mais de 20 anos.

Publicidade
Publicidade

Segundo Fahur, político filiado ao PDC, o deputado federal é o único homem que tem força, carisma e honra para acabar com a atual situação de corrupção que assola o Brasil. É claro que Fahur não disse exatamente essas palavras, já que exultou o momento político falando diversas palavras de baixo calão para as pessoas que estavam no auditório do evento.

Aliás, o auditório estava lotado, com diversos espectadores em pé, que aguardavam ansiosamente o discurso dessas pessoas públicas. Fahur ironizou e disse para Bolsonaro que se ele lhe der uma “mechinha na Secretaria de Direitos Humanos”, ele iria adorar.

Isso porque o militar estadual é bem conhecido por "tratar bandidos da forma como eles merecem", segundo o seu próprio entendimento. Fahur acrescenta que é para deixar os presos com ele, pois ele "iria cuidar".

Publicidade

Quando disse isso, o militar levou a plateia ao êxtase e foi ovacionado. Ele agradeceu a presença das pessoas que ali estavam e afirmou que elas já demonstraram que querem "um Brasil melhor".

Por fim, Fahur ainda explicitou seu apoio a #Jair Bolsonaro na disputa pela Presidência da República em 2018, o qual ele faz a referência de "estar na ativa".

E mais uma surpresa aconteceu. Assista ao vídeo até o fim:

Depois, ocorreu um momento simplesmente #Mítico. Bolsonaro carregou o Sargento Fahur no colo! A plateia, então, vai à loucura.

O posicionamento de extrema direita tanto do deputado federal quanto do militar estadual são extremamente polêmicos. Enquanto Bolsonaro tem opiniões que são bem contestadas por diversas pessoas em virtude de suas palavras e ações, que, às vezes, chegam a ser preconceituosas, Sargento Fahur não é muito adepto dos direitos humanos para os bandidos, postura essa que o deixou extremamente famoso na internet.

Assista a mais um vídeo:

Já imaginou Bolsonaro presidente e Fahur como Ministro da Defesa? Como isso seria na sua visão?

Comente e compartilhe o artigo se você gostou!