A semana do senador #Aécio Neves começou polêmica, de forma que nem ele mesmo imaginava, depois que Joesley Batista, dono da empresa JBS, entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação com falas do senador pedindo um valor “simbólico” de R$ 2 milhões. O valor, parcelado em 4 vezes de R$500 mil, seria destinado ao pagamento de custos com advogados para defesa nas fases da Operação Lava Jato.

O esquema envolve seu primo Frederico Pacheco de Medeiros, mais conhecido como Fred, responsável por receber o dinheiro da propina que seria paga para Neves. O que ninguém imaginava era que a Polícia Federal vinha acompanhando o caso bem de perto, sem levantar nenhuma suspeita.

Publicidade
Publicidade

O primo do peemedebista, como era de se esperar, se deu mal: logo após o recebimento da propina, a Polícia Federal o prendeu.

Prisão de membros da família do tucano

O Departamento da Polícia Federal responsável pelas investigações mostrou um trabalho extremamente eficaz, fundamental para esclarecimentos e prova dos fatos, contando com filmagens, áudios e documentos produzidos pelos agentes.

Além disso, a irmã de Aécio, Andrea Neves, também foi presa nesta quinta-feira (18), acusada de fazer parte do esquema de propina. Segundo formações, ela estava de passagens compradas para Londres para embarcar ainda nessa quinta-feira.

Frente aos problemas, o STF, em pronunciamento feito pelo ministro Fachin, relator da Lava Jato, declarou o afastamento do político no Senado Federal e encaminhou pedido de #Prisão do tucano, que deverá ser analisado nos próximos dias.

Publicidade

Aécio está em um momento delicado

Com vistas a esse cenário nada favorável ao presidente do PMDB, sua esperança de concorrer ao pleito de presidente da república em 2018 diminiu. Expostas todas as provas colhidas pela Polícia Federal e somadas as informações repassadas pelo dono da JBS, o tucano pode ser preso a qualquer momento, manchando ainda mais o nome do partido, que já conta com grande parte de seus representantes envolvidos em escândalos de desvios e esquemas de #Corrupção.

O futuro do tucano é, no mínimo, incerto.