Neste 1º de maio, Dia do Trabalhador, o presidente da República, #Michel Temer fez um pronunciamento nas redes sociais, em defesa da Reforma Trabalhista que já foi aprovada na Câmara do Deputados.

Em seu discurso, Temer afirmou que o Brasil vive um momento histórico e que este 1º de maio marca o início de uma nova fase, e que após a aprovação da reforma, o país irá sair da grave crise na geração de empregos e que a mesma irá permitir a geração de mais postos de trabalho.

“Primeiro, você terá muito mais empregos, segundo, todos os seus direitos trabalhistas adquiridos serão assegurados com a nova reforma”.

Empregos para os jovens

Michel Temer fez questão de ressaltar que os maiores beneficiados com as novas regras trabalhistas serão os jovens.

Publicidade
Publicidade

Na opinião dele, após a aprovação da #reforma trabalhista, os jovens que estão em busca de emprego, encontrarão vagas de trabalho de forma muito mais veloz, porque a nova legislação irá garantir direitos não somente para empregos diretos, mas também para os trabalhos temporários e para as empresas terceiras.

Principal tópico da Reforma

Em seu discurso divulgado nesta segunda, Michel Temer ressaltou um tópico que será um divisor de águas na relação empregado-patrão. O peemedebista disse que a principal mudança na CLT (Consolidação de Leis do Trabalho) será o artigo que permite que os sindicatos possam negociar diretamente com as empresas e que o acordo firmado terá poder de lei.

Na ótica do presidente, essa nova forma de relação fará com que os processos trabalhistas diminuam consideravelmente nos tribunais e que uma harmonia livre e soberana existirá na relação de trabalho.

Publicidade

“O diálogo será a palavra de ordem”.

Alta taxa de desemprego

Michel Temer confirmou que o país ainda continua a aumentar a sua taxa de desemprego e que com menos de um ano de governo, o país ainda continua com ‘muitos milhões de desempregados’, mas se justificou e disse que a sua equipe de governo não está medindo esforços para conter a crise e tentar reverter este cenário.

Ele ressaltou a diminuição na taxa de inflação e disse que os investidores estão retomando a confiança na área econômica do país.

No final de seu pronunciamento, Michel Temer cumprimentou todos os trabalhadores e disse o Brasil só vai vencer as suas dificuldades se houver muito trabalho.

Assista, na íntegra, o #Vídeo do discurso do presidente Michel Temer feito nesta segunda-feira (1), Dia do Trabalho.