O senador afastado Aécio Neves "se complicou" depois da última delação realizada por Wesley e Joesley Batista, donos do "império da carne" JBS, ao ter solicitado uma propina na valor de R$ 2 milhões aos empresários. A irmã do senador foi presa por, a princípio, estar envolvida nos fatos investigados pela Operação Lava Jato.

Aécio 'quase' ganhou

Entretanto, é bom recordar que Aécio Neves quase ganhou o segundo turno das últimas #Eleições presidenciais, ocorridas em 26 de outubro 2014. Na época, a ex-presidente cassada, Dilma Rousseff, teve 51,64% dos votos válidos, ou seja, 54,4 milhões de votos.

Já Aécio levou cerca de 48,36% dos votos válidos e teve pouco mais de 51 milhões de votos.

Publicidade
Publicidade

Na época, muitos artistas e famosos que tinham "aversão" ao Partido dos Trabalhadores acabaram apoiando o senador Aécio Neves. Veja abaixo quem são eles.

Artistas que apoiaram a candidatura de Aécio Neves

- A cantora Wanessa Camargo. No vídeo abaixo, Wanessa ainda salienta que "tinha certeza de que o Aécio continuaria com o programa Bolsa Família" e arrematou com "por que quem conhece o Aécio, confia no Aécio".

- O cantor Cris do Morro salientou que "todos sabem que o Aécio nos escuta".

- O famoso jogador de futebol Ronaldinho, que disse que Aécio é honesto e que "a mudança com ele seria segura".

- Os cantores César Menotti e Fabiano (afirmaram que Aécio era uma "mudança necessária").

- O ex-integrante do Casseta & Planeta, Marcelo Madureira (que, inclusive, foi agredido por manifestantes pró-Lula no dia da Greve Geral).

Publicidade

- Renato Teixeira, músico (o qual afirmou, na época, que Aécio era "um cara leal, sincero e atencioso").

- Zico, o ícone do futebol (segundo ele, Aécio "fala que vai fazer e faz").

- O cantor Eduardo Costa.

- Bruno, da dupla, Bruno e Marrone.

- Dadá Maravilha (que asseverou que "Aécio tinha DNA" de Tancredo Neves, avô dele).

- A cantora Fafá de Belém.

- Os cantores Chitãozinho e Xororó.

- Ana Paula, esportista (disse que Aécio era um "líder que 'você precisa quando seu time está abatido'").

- O ex-jogador de basquete Oscar Schmidt.

- Fagner (cantor)

- Zezé Di Camargo

- Ney Latorraca (ator)

- Marcelo Cerrado (ator)

- Sandra de Sá (cantora)

- Tom Cavalcante (humorista)

- Junior Cigano (lutador de MMA)

- Lima Duarte (ator)

E muitos outros.

Veja o vídeo:

Não se pode dizer que os famosos acima concordam ou aceitam eventuais condutas contrárias à lei que, em tese, teriam sido perpetradas pelo senado Aécio Neves e que, se provadas, podem gerar ações na esfera #Política e até criminal.

Infelizmente, as pessoas não poderiam adivinhar sobre os rumos da Operação Lava Jato, já que alguns fatos realmente surpreenderam a todos.

Finalmente, assevera-se que todo cidadão brasileiro tem o direito de inclinar-se ao partido político que quiser, propagar a ideologia que bem entender e que isso não é nenhum problema.

Infelizmente, "a internet não esquece". #AécioNeves