A petista #Dilma Rousseff não cumpriu o seu mandato na presidência da República pelo fato de ter sofrido um impedimento da continuação de seu governo, por isso que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumiu o cargo até as eleições de 2018, porém, muitos ainda apoiam a cassação da chapa Dilma-Temer por completo, o que não aconteceu quando o pedido passou pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e foi negado.

A ex-presidente ficou ociosa quando impedida de continuar o governo pelo crime de responsabilidade fiscal, mas a própria afirma que o seu impeachment foi um golpe aplicado pelos parlamentares e até mesmo uma traição de seu antigo aliado Michel Temer.

Publicidade
Publicidade

Após isso, Dilma tem feito palestras comentando sobre a política atual e criticando o presidente que assumiu em seu lugar, mas ainda não assumiu uma nova função, porém, a ex-presidente já tem um novo #Trabalho e não sairá da política.

Dilma professora?

Dilma Rousseff aceitou a proposta de entrar em um projeto para ser professora em um curso de pós-graduação que discutirá sobre o papel da nova esquerda brasileira. O nome do curso será "A esquerda no século XXl", o mesmo reunirá políticos que são de partidos com ideologia esquerdista [VIDEO] para formar uma nova base ideológica no Brasil.

Deputados como Jean Wyllys (PSOL-RJ), Chico Alencar (PSOL-RJ), Jandira Feghali (PC do B-RJ) e Margarida Salomão (PT-MG) também darão aula no curso que acontecerá na instituição privada "Instituto Dom José Gomes" e tem apoio da UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul), e também da Fundação Perseu Abram, na qual é interligada com o Partido dos Trabalhadores (PT).

Publicidade

Preço do curso

O custo do curso será de R$ 7.200 para cada aluno que deseja estudar sobre a nova esquerda do Brasil com políticos que integram o movimento. Dilma Rousseff [VIDEO]dará cerca de 15 horas de aulas em dois dias que foram marcados para os dias 1/09 e 2/09.

Consequências políticas

O deputado Pedro Uczai é o organizador do movimento e acredita que, com isso, pode aproveitar as crises políticas que estão acontecendo na esquerda brasileira para formar novas lideranças políticas com essa ideologia e que é em momentos assim nos quais deve-se parar e pensar em uma solução para o que está acontecendo.

Dilma Rousseff deve lecionar e é uma das figuras mais aguardadas pelos estudantes que pagarão o curso e desejam ver aulas de todos os professores, nos quais a ex-presidente fica em exposição, pois é a política mais conhecida dentre eles.