Publicidade
Publicidade

Embora seja um político extremamente nacionalista, Jair Messias Bolsonaro [VIDEO], de 62 anos, disse que, caso não ganhe as eleições de 2018 para o cargo de presidente da República deixará o país.

O deputado, que hoje está no Partido Social Cristão (PSC) e que já procura outras legendas, afirmou que os partidos de esquerda querem que o Brasil se torne uma “grande pátria bolivariana”. Disse também que a campanha de certos candidatos na corrida presidencial é falar mal do ex-presidente #Lula, mas que só agora pensaram em criticá-lo. E polemizou mais uma vez: afirmando que duvidava que esses mesmos políticos não soubessem do que acontecia em Brasília antes de chegar à tona toda essa corrupção envolvendo o PT.

Publicidade

O ex-capitão do exército pontuou ainda que "só porque Lula “caiu em desgraça”, eles resolveram seguir o mais viável para aquela situação". E completou dizendo que trava uma luta contra Lula desde os anos de 1970, quando esteve a serviço do exército brasileiro para nas matas do Vale do Ribeira.

A contradição de Jair Bolsonaro

Bolsonaro sempre se mostrou um político muito nacionalista com seu país. Em seus discursos costuma falar a frase “Brasil acima de todos”, mostrando toda a sua irreverência e seu amor pelo país.

No entanto, o deputado, quando falou com a revista Veja, disse que caso não seja eleito presidente da República, saíra do Brasil, contradizendo-se ao nacionalismo que político diz representar.

O destino será a Itália. A escolha é por conta da descendência italiana que o deputado disse ter.

Publicidade

O deputado afirmou que irá tentar tirar a cidadania italiana para ter outra opção. “Não pensei com mais seriedade. No entanto, se você fizer uma pesquisa, verá que a quantidade de pessoas que estão pedindo dupla cidadania europeia tem crescido demais” disse o deputado ao site Veja.

O repórter também perguntou a Bolsonaro se ele não teria dificuldades para se eleger, visto que as legendas que se apresentam para o deputado são muito pequenas.

Bolsonaro disse que não fazia aquilo por “obsessão” e terminou afirmando que Deus tinha um propósito para a sua

Bolsonaro e Lula nas pesquisas

Um dos principais candidatos à Presidência da República é o ex-presidente Lula [VIDEO], condenado nas últimas semanas pelo Juiz federal Sergio Moro a nove anos e seis meses de prisão, e outro nome forte da disputa é o deputado #Jair Bolsonaro.

Lula na maioria das pesquisas aparecia liderando. No entanto, no mês de junho Bolsonaro passou o ex-presidente nas pesquisas realizadas no Distrito Federal.

O fato é que a situação de Lula está cada vez mais estreita. Além de ser condenado em primeira instância, o ex-presidente ainda passará por mais quatro processos. Dessa forma, Jair Bolsonaro se consuma cada vez mais como o possível presidente da República em 2018. #Deputado Bolsonaro