O líder da banda Detonautas Roque Clube, #Tico Santa Cruz, se irritou com a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e resolveu escrever uma carta com vários ataques ao juiz federal Sérgio Moro. Com pensamentos voltados à Esquerda, o vocalista divulga em redes sociais todas as suas filosofias políticas.

Nas mais recentes de suas ideologias, está uma carta que ele escreveu para o juiz Sérgio Moro [VIDEO]. Na Carta, Tico Santa Cruz tenta humilhar o juiz explicando para ele todos os erros cometidos pelo magistrado em relação à condenação do ex-presidente.

Vários erros

O jornal Gazeta do Povo analisou a carta e encontrou vários erros e falta de entendimento do cantor sobre o assunto em que ele demonstra compreender bem para seus seguidores.

Publicidade
Publicidade

Tico Santa Cruz repudiou a atitude do juiz em aparecer em fotos junto com o senador Aécio neves (PSDB-MG) e bem próximo ao presidente Michel Temer (PMDB). Para o cantor, ali existe uma atitude de amigos entre eles, já que o magistrado estava rindo, demonstrando alegria. Mas aí vem uma séria questão: por mais que a foto tenha causado alguma polêmica, vale ressaltar, que uma foto jornalística tem muita coisa a se considerar. Conforme o sociólogo, Dominiqui Wolton, por trás da foto há uma imaginação e uma grande dimensão crítica. É a mesma coisa que analisar uma outra foto famosa onde a ex-presidente Dilma Rousseff aparece junto com Aécio, no dia do impeachment dela. Se for analisar fora do contexto, ficaria uma grande dúvida sobre a relação que a petista estava tendo com o tucano. A ideia da fonte jornalística é causar impacto e deixar dúvidas nos leitores.

Publicidade

Porém, o retrato, na verdade, era apenas um comentário entre eles.

Argumentos vazios

O vocalista ainda criticou a troca de risadas entre Moro e Aécio. Mas é importante dizer que, naquela época, os áudios do tucano não tinham vindo à tona.

Tico defendeu um julgamento mais justo para #Lula sem a presença de Sérgio Moro e sim, apenas, do Ministério Público Federal. Mas o líder da banda não percebeu que o Ministério Público esteve a todo momento ao lado do juiz nas denúncias contra Lula.

Para encerrar a carta, Tico ressalta que se Moro tem tantas provas contra Lula, qual seria a razão dele não declarar a sua prisão. Talvez, o vocalista não leu toda a sentença. Moro deixou bem claro que por "prudência" não iria pedir a prisão imediata do petista e que deixaria antes ele ser julgado pela Corte de Apelação. Provas não faltaram para Moro determinar prisão preventiva do petista, segundo a sentença. #Sergio Moro