Depois de toda #Polêmica causada pelos prints postados por #Patrícia Lélis, o deputado federal #Eduardo Bolsonaro (PSC/SP) decidiu romper o silêncio e contar a sua versão sobre os fatos. Em um vídeo divulgado pelo parlamentar em sua página no Facebook, ele desabafa sobre toda a repercussão que o caso vem gerando e desmascara a estudante, relembrando outros casos onde a jovem esteve envolvida levantando falsas acusações a ele próprio e ao pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP).

Na publicação, Eduardo relembra sobre o laudo divulgado pela Polícia Civil de São Paulo onde o diagnóstico revelou que a estudante sofre de mitomania, transtorno que a faz mentir compulsivamente.

Publicidade
Publicidade

Assista ao vídeo:

Para Bolsonaro, o assunto parece ter acabado, mas para Patrícia, isso ainda não aconteceu. Em sua página no Facebook, a estudante continua mandando indiretas ao parlamentar e é apoiada pelos seus seguidores, que, acreditando ou não na versão de Patrícia, não querem dar o braço a torcer para o filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

No auge da repercussão do caso, foi divulgado um artigo onde colocava em xeque a veracidade do que Patrícia dizia. Relembre aqui. Apesar de aparentar muita confiança no que disse, a jovem acabou traindo a si mesmo e caiu na própria mentira que inventou. A história da jovem é cheia de buraco' e os fatos não sustentam a versão dada por ela.

Trocando as bolas

No print da suposta resposta ao deputado, Patrícia ressaltou que virou feminista ao sofrer um abuso sexual por parte de Marco Feliciano e na ocasião o seu então namorado, Eduardo Bolsonaro, teria pedido para que ela ficasse calada diante do crime.

Publicidade

Patrícia ainda destacou que o namoro entre eles durou 3 anos e 8 meses.

Confira!

Mas as coisas não foram bem assim! Na época em que alega ter sofrido o suposto estupro, Patrícia namorava o proprietário da editora Simonsen, Rodrigo Simonsen. Essa foto divulgada pela própria jovem em sua rede social prova isso!

Além disso, existem prints retirados do Facebook do rapaz onde ele relata o fim nada amigável da relação entre eles. Veja!

Diante disso, pode-se concluir que a jovem realmente mentiu sobre o seu suposto namoro com Eduardo Bolsonaro, pois os fatos apresentados por ela mesma em seu desabafo não condizem com o seu real passado amoroso.

Histórias mal contadas

Não é apenas com Marco Feliciano e com Eduardo Bolsonaro que a jovem tem histórias mal contadas.

Publicidade

Amigos e conhecidos da jovem relatam algumas das fantasias que Patrícia compartilhou com eles.

Estágio no jornal New York Times, casamento na Disney, herdeira de pais empresários, embaixadora na ONU (Organização das Nações Unidas), outra tentativa de estupro e até um câncer cerebral. Essas são apenas algumas das histórias que os conhecidos da jovem afirmam ter ouvido dela.