De acordo com informações da colunista Mônica Bergamo do jornal Folha de São Paulo, há uma expectativa muito grande da Justiça Federal do Paraná sobre a sentença do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, no caso do triplex, ser proferida pelo juiz federal Sérgio Moro até o fim da semana.

Se chegou a essa previsão devido comparações das decisões do juiz em outros processos. Geralmente, Moro leva de 25 a 35 dias para dar uma sentença e do processo de Lula já se passaram 22 dias. Ocorreram casos que Moro gastou apenas 1 dia, como por exemplo, da ex-amante do doleiro Alberto Yousseff, Nelma Kodama. Neste processo em questão, estavam envolvidos o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto e o pecuarista, amigo de Lula, José Carlos Bumlai.

Publicidade
Publicidade

Porém, outro processo foi o extremo deste exemplo e Moro demorou 465 dias para dar a sentença. O processo condenou o petista André Vargas a quatro anos e seis meses de prisão.

Outro detalhe importante e que é bom ressaltar, é que o juiz Sérgio Moro terá muita cautela e rigor ao dar a sentença do ex-presidente. Isso ocorre, devido a Justiça brasileira proporcionar várias possibilidades dos condenados se livrarem. O Supremo Tribunal Federal (STF) é um exemplo disso. As decisões dos ministros da Corte foram contrárias às decisões de Sérgio Moro e eles acabaram soltando vários presos da Lava Jato. Moro deve esperar o momento certo.

Tensão

O ex-presidente Lula sabe que a vida dele não está fácil e ganhar tempo é questão de necessidade. A defesa do petista protocolou um documento na segunda-feira (10), para que seja autorizado pelo juiz Sérgio Moro, que depoimentos de outros processos possam ser utilizados no processo do triplex.

Publicidade

Segundo os advogados do petista, há muitas inconsistências das hipóteses acusatórias comuns à acusação desta ação penal.

Diante disso, antes de dar a sentença, Moro terá que decidir sobre esse aspecto e isso pode ser uma tentativa de Lula atrasar a decisão de sua sentença. O petista é acusado de receber propina da construtora OAS através da compra e reforma de um triplex na cidade de Guarujá, litoral de São Paulo.

Medo?

Lula deu um discurso, na segunda (10), fazendo críticas ao seu possível concorrente nas eleições de 2018, Jair Bolsonaro. Na visão do petista, o crescimento de Bolsonaro nas pesquisas é "fruto do ódio" [VIDEO] propagado pelas redes de televisão. Para Lula, hoje se fala pouco em democracia.

Bolsonaro tem subido nas pesquisas e, em alguns estados, já está na frente de Lula. #Sergio Moro