Muitas dúvidas e polêmicas sobre as próximas eleições presidenciais tomam conta de todo o país. São muitas as perguntas dos eleitores devido à grande crise #Política que enfrentamos. Nunca antes no país [VIDEO] tivemos tantos políticos sendo presos, cassados e devolvendo fortunas em dinheiro, roubadas dos cofres públicos.

Uma questão que vinha chamando a atenção do eleitor era a escolha do partido do Deputado Federal Jair Bolsonaro, (PCS-RJ), que é um dos fortes candidatos à cadeira da presidência.

Mas o mistério foi finalmente revelado e ele já inclusive autorizou seus familiares e assessores a anunciar sua escolha. Ele vai se filiar e apresentar sua candidatura através do Partido Ecológico Nacional (PEN).

Publicidade
Publicidade

Mas, depois da filiação de Bolsonaro, o partido passará por uma mudança de sigla e se chamará PRONA, Partido da Reedificação da Ordem Nacional, cujo ex-líder é o falecido Enéas Carneiro, que é até hoje muito admirado por Jair e por políticos patriotas.

A troca de nomes é apenas uma formalidade e basta uma convenção do partido para que a mudança seja feita.

Através desta nova legenda, o deputado que arrasta milhares de fãs e seguidores em suas contas nas #Redes Sociais, deverá disputar as eleições presidenciais em 2018.

Jair, que já não esconde a escolha, posou para fotos com o atual presidente do PEN, Adilson Barroso. No clique, ele fez com as mãos um gesto representando o número 51, que é o número de legenda do partido.

“Iremos casar logo após o caso Temer”, declarou Bolsonaro a amigos, fazendo referência à votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, que acontecerá nesta semana na Câmara dos Deputados.

Publicidade

Em uma conversa com o advogado Paulo Fernando Melo, na manhã do último domingo, (30), Jair Bolsonaro ficou a par de como se dará todos os trâmites legais referentes à mudança de nome do partido, pois Melo atua na Justiça Eleitoral e será o responsável por todo o processo.

Adilson Barroso, presidente do PEN, também deu declarações sobre a filiação de Bolsonaro e disse que está 99% decidido. “O noivado vai de vento em popa, e o casamento [VIDEO] acontecerá daqui a alguns dias com a assinatura na ficha de filiação. Depois faremos uma grande festa.”, disse Barroso.

A mudança de nome do partido se dá por conta da ligação de Bolsonaro com os ideais políticos de Enéias Carneiro, que faleceu em maio do ano de 2017.

Conhecido pelo bordão “Meu nome é Enéas”, ele foi candidato 3 vezes à presidência da República e nunca teve muito tempo na televisão durante o horário eleitoral. #Bolsonaro2018