O deputado federal Jair Messias Bolsonaro é sempre muito polêmico por suas posições políticas, consideradas por muitos uma grande radicalização, porém, o próprio #Jair Bolsonaro já afirmou que não é radical e acabou conquistando um grande público que estava revoltado com a situação atual que o país está vivenciando, por isso o parlamentar já é um pré-candidato às eleições presidenciais de 2018 e domina a segunda posição nas pesquisas de possíveis presidenciáveis, somente atrás do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Uma dificultação está acontecendo para a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência da República, isso se dá pelo fato do deputado não ter um partido específico para se candidatar oficialmente, até porque o seu partido (PSC) apoiou candidatos de esquerda no Norte do país nas eleições municipais de 2016, o que revoltou Bolsonaro e fez com que ele tomasse a decisão de se retirar da legenda.

Publicidade
Publicidade

Novo partido para Bolsonaro

O deputado federal já assumiu que deixará o PSC, pois o presidente da legenda, pastor Everaldo, não dará a representação de 2018 para ele e o parlamentar não se sente compatível aos ideais do partido. Após Bolsonaro assumir que deixaria o seu partido atual, diversas legendas pintaram como propostas para o tão popular deputado, até porque é um grande nome para a presidência de 2018.

Jair Bolsonaro já tomou uma decisão para ele e sua família continuar na política, e o mais formidável na visão do deputado foi a fundação de um novo partido, no qual o próprio Bolsonaro seria um dos donos e teria total autonomia para comandar os ideais da legenda, sendo que não seria comandado por algum superior quando fosse tomar decisões.

O nome do partido que será fundado é o 'Muda Brasil' e o pedido para a abertura da legenda já está no TSE, e deve estar legalizada até o início das eleições presidenciais em 2018.

Caso a legenda não esteja legalizada, o Jair Bolsonaro deve procurar outro partido para se candidatar como presidente da República, porém, o seu ideal é que tenha um próprio partido fundado para ele e sua família, e a intenção de fundar o Muda Brasil é também para criar uma base no Congresso Nacional, já que, como presidente, precisará do apoio na Câmara dos Deputados e Senado Federal para passar os projetos que estará de acordo com sua ideologia.

Publicidade

Bolsonaro deseja legalizar o porte de armas e mais um monte de medidas que se encaixam na direita conservadora do Brasil, porém, a maioria dos parlamentares são contra essas medidas e, nas eleições de 2018, o pré-candidato terá de se concentrar, não só na sua campanha, mas também nas campanhas de diversos deputados federais e senadores federais que compactuam com seus ideais. #Eleições 2018