Parece que a corrida para as eleições de 2018 está cada vez mais evidente. Mesmo sem candidatos oficialmente anunciados, é notável que algumas personalidades da politica brasileira já estejam mostrando seus aliados. Alguns mais improváveis que outros.

O deputado Jair Bolsonaro publicou em seu canal do YouTube "Juntos por BOLSONARO" um vídeo das irmãs #Pepê e Neném mostrando o seu apoio ao político. Logo no início do vídeo, as irmãs deixam bem claro suas respectivas orientações sexuais: “Pepê e Neném, nós somos lésbicas...”. De acordo com as opiniões de Bolsonaro acerca da comunidade LGBT, era de se esperar o espanto dos internautas com o vídeo.

Publicidade
Publicidade

O certo é certo

No vídeo, publicado dia 30, as irmãs afirmam: “O certo é o certo, o errado é errado, a gente não ta aqui pra passar a mão na cabeça de ninguém” e completam suas falas demonstrando apoio às opiniões do deputado Jair Bolsonaro: “Eu concordo com algumas atitudes que você vem falando.”

Ainda no vídeo, as irmãs dizem apoiar a ideia que os gays não devem demostrar afeto em locais públicos, como cinemas e praças, reforçando que famílias e crianças não devem presenciar tal comportamento. “Ninguém é obrigado a ver nada de ninguém. Tem gente que passa do limite”, pontuaram.

Em defesa da família

Um dos principais lemas da campanha de Bolsonaro é a defesa da família tradicional e o “combate” à influência da comunidade LGBT que, segundo o deputado, interfere diretamente nas escolhas sexuais que um indivíduo tomará na vida.

Publicidade

Seguindo esta lógica, as artistas afirmam no vídeo que “família a gente tem que respeitar”, concluindo que “o mundo é pra todos”.

O vídeo é finalizado com o caloroso cumprimento ao deputado: “Valeu Jair, um abraço Pepê e Neném.”

Bolsonaro é atualmente do Partido Social Cristão (PSC-RJ), mas ontem anunciou a mudança para o Partido Ecológico Nacional (PEN) que voltará a ter a sigla Prona, rememorando a legenda da época de Enéas Carneiro.

Atualmente, o deputado tem a liderança nas pesquisas em um cenário com a ausência do ex-#Presidente Lula, levando 17,2% das intenções de voto segundo o Instituto Paraná, em pesquisa divulgada no dia 31 de maio.

Você pode ver o vídeo aqui:

Qual a sua opinião: a busca de parcerias e apoios quando se trata de candidatura à Presidência pode ser tão controversa?